Baleia-jubarte é encontrada encalhada e morta em praia do Norte da Ilha de Florianópolis

Essa é a 10ª baleia-jubarte avistada morta na Ilha de Santa Catarina neste ano

Uma baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) foi encontrada na tarde deste domingo (8) encalhada e morta na praia da Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis. Essa é a 10ª baleia-jubarte avistada morta na Ilha de Santa Catarina neste ano.

Exame necroscópico e o enterro será realizado na manhã desta segunda (9) – Foto: Guilherme Kubaski/R3 Animal/NDExame necroscópico e o enterro será realizado na manhã desta segunda (9) – Foto: Guilherme Kubaski/R3 Animal/ND

Uma equipe da R3 Animal, por meio do PMP-BS (Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos), constatou na praia do Norte da Ilha que o animal, com cerca de 7,5 metros, estava em avançado estágio de decomposição. O exame necroscópico e o enterro será realizado na manhã desta segunda (9).

Das 10 baleias encontradas mortas na Ilha, apenas cinco encalharam em locais onde foi possível realizar a necropsia, segundo os biólogos. O PMP-BS Área SC/PR, que desde 2015 monitora diariamente a costa litorânea de Laguna (SC) até Guaraqueçaba (PR) em busca de animais marinhos encalhados, já registrou neste ano 28 baleias-jubarte sem vida.

Apesar disso, segundo levantamento do Projeto Baleia Jubarte, 35 indivíduos foram avistados mortos no Estado até agora. Nesta época do ano, as baleias-jubarte estão no ciclo migratório no litoral brasileiro e a principal área de concentração fica em Abrolhos, entre os estados da Bahia e Espírito Santo.

A R3 Animal orienta que ao avistar uma baleia viva nadando é importante que as embarcações sigam a legislação e mantenham uma distância mínima de 100 metros do animal, evitando interromper o deslocamento das baleias. Caso aviste um mamífero, ave ou tartaruga marinha debilitada ou morta na praia, ligue 0800 642 3341, das 7h às 17h.

Caso aviste um mamífero, ave ou tartaruga marinha debilitada ou morta na praia, ligue 0800 642 3341, das 7h às 17h – Foto: Guilherme Kubaski/R3 Animal/NDCaso aviste um mamífero, ave ou tartaruga marinha debilitada ou morta na praia, ligue 0800 642 3341, das 7h às 17h – Foto: Guilherme Kubaski/R3 Animal/ND

Saiba mais

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama, das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos.

O objetivo do PMP-BS é avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos encontrados mortos.

O PMP-BS é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. Em Florianópolis, que corresponde ao Trecho 3, o projeto é executado pela R3 Animal.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Animais

Loading...