Bem-estar animal é prioridade para o Zoo Pomerode

O Programa Medicina Preventiva busca garantir a saúde dos animais e prevenir doenças

Programa de Medicina Preventiva prevê atividades de inspeção diária das espécies – Foto: Arquivo/Zoo PomerodePrograma de Medicina Preventiva prevê atividades de inspeção diária das espécies – Foto: Arquivo/Zoo Pomerode

Visando garantir o bem-estar animal, o Zoo Pomerode possui o Programa de Medicina Preventiva o qual prevê atividades de inspeção diária das espécies. Como vermifugações, vacinações, monitoramento periódico de saúde, condicionamento, treinamento da equipe de cuidadores, ações de bem-estar, dentre outras atividades. 

Cada espécie apresenta suas necessidades únicas: seja fisiológicas, comportamentais e muitas vezes médicas. Necessitando de constante pesquisa e aprimoramento para desenvolver os melhores protocolos e permitir aos animais uma vida longa e com qualidade. Muitas das espécies vivem mais sob cuidados humanos do que em seu ambiente natural, visto todo o cuidado nutricional e de saúde investido, além da ausência das ameaças antrópicas e da disputa por recursos naturais e território.

Neste cenário, entra um sujeito importante: o médico veterinário. A partir de sua análise clínica, diagnosticando as necessidades de cada espécie, seu principal papel é garantir a saúde física e psicológica dos animais, para que eles possam cumprir seu importante papel na conservação.

As sessões de condicionamento são voluntárias, ou seja, o animal participa se assim desejar – Foto: Arquivo/Zoo PomerodeAs sessões de condicionamento são voluntárias, ou seja, o animal participa se assim desejar – Foto: Arquivo/Zoo Pomerode

Outro aliado é o condicionamento animal, uma importante ferramenta de medicina preventiva e bem-estar. Consiste na colaboração do animal para atividades de manejo e medicina, recebendo uma recompensa pela atividade realizada. Um exemplo simplório de condicionamento seria o treinamento de um cão para dar a pata e que recebe após a ação um petisco ou carinho. 

Dadas as devidas proporções, no Zoo Pomerode a técnica é utilizada por exemplo para lixar as unhas e coletar sangue de elefantes, avaliar a cavidade oral e a odontologia de hipopótamos, curativos em grandes felinos e ursos, além da auscultação cardíaca e pulmonar de chimpanzés. Com o condicionamento essas atividades se tornam mais seguras e isentas da necessidade de um procedimento anestésico. 

As sessões de condicionamento são sempre voluntárias, ou seja, o animal participa se assim desejar e cada um recebe uma recompensa de acordo com seu comportamento e preferência. Os hipopótamos preferem abóboras, já os elefantes têm preferência por frutas, em especial a melancia. O condicionamento permite um maior controle sobre a saúde do animal e segurança no manejo.

O condicionamento permite um maior controle sobre a saúde do animal – Foto: Arquivo/Zoo PomerodeO condicionamento permite um maior controle sobre a saúde do animal – Foto: Arquivo/Zoo Pomerode

Confira a entrevista com o médico veterinário do Zoo Pomerode, Rafael Sales Pagani: 

Qual o foco e objetivo do programa Medicina Preventiva? 

O Programa Medicina Preventiva tem uma série de estratégias e práticas dentro do zoológico para garantir a saúde dos animais e prevenir doenças. Vai desde o treinamento dos cuidadores, o tipo de desinfetante que eles usam, o monitoramento dos animais: se estão comendo, se o comportamento deles está normal. Até coisas mais específicas como a própria medicina. Na qual entra as vermifugações, vacinações de algumas espécies, coletas de sangue, check ups, coleta de fezes. Esses exames são feitos periodicamente para garantir que os animais estão saudáveis e para que eles não venham a ter problemas de saúde ou que necessitem alguma intervenção. Trabalhamos prevenindo os problemas para que eles não aconteçam no cotidiano.

Como funcionam as práticas em prol do bem-estar animal no Zoo Pomerode?

O programa de bem-estar animal também faz parte da medicina preventiva. Não cuidamos apenas da saúde física, como da saúde psicológica deles também. Então dentro do programa de bem-estar entra os enriquecimentos ambientais, o design dos ambientes, as estruturas que vão ter dentro do ambiente (desde o tanque, da vegetação) tudo isso também faz parte do bem-estar dos animais. E o enriquecimento ambiental que são atividades diárias que a gente realiza que tem o objetivo de estimular o animal e tornar o ambiente deles mais dinâmico. Estimulamos questões olfativas, alguns comportamentos naturais. É um programa específico para cada espécie. E dentro desse programa de medicina preventiva e bem-estar em conjunto, a gente trabalha o condicionamento dos animais que é o treinamento de algumas espécies do Zoo para que elas colaborem conosco dentro das atividades de rotina. A gente treina e condiciona elefantes, por exemplo, para que eles permitam que a gente colete sangue deles sem precisar de uma anestesia ou de um procedimento mais invasivo. A mesma coisa para cortarmos as unhas e lixar. 

Qual a função do Zoo Pomerode para a manutenção do bem-estar animal?

Zoo Pomerode tem a função de educação, conservação e atividades culturais que só são possíveis a partir do bem-estar dos animais. Trabalhamos com um alto padrão de vida para os animais para que eles vivam bem e consigam cumprir os seus papéis nos programas de conservação. Várias espécies que temos hoje participam de programas de conservação e atividades de educação. Tudo isso só é possível se o animal estiver bem.

Zoo Pomerode está aberto todos os dias, inclusive feriados e finais de semana.

Horário: 8h às 18h

Endereço: Rua Hermann Weege, 180, Pomerode – Santa Catarina

Telefone para contato: (47) 3387-2659 ou (47) 3387-4260

Whatsapp bilheterias: (47) 99750-1211 ou (47) 99750-2877

Ingressos aqui

+

Zoo Pomerode – BioParque

Loading...