BioParque mobiliza pessoas e empresas em prol de uma causa: o amor e cuidado pelos animais

Ampliação na estrutura do Zoo Pomerode é motivada pela preocupação com o bem-estar animal e com o público

O Zoo Pomerode foi o primeiro zoológico de iniciativa privada do Brasil, hoje com uma média de 1000 animais – Foto: Arquivo/Zoo PomerodeO Zoo Pomerode foi o primeiro zoológico de iniciativa privada do Brasil, hoje com uma média de 1000 animais – Foto: Arquivo/Zoo Pomerode

Localizado em Pomerode (SC), o Zoo Pomerode – fundado pelo empresário Hermann Weege – é agora mantido pela Fundação de nome homônimo, uma instituição sem fundos lucrativos que busca pela conservação da biodiversidade e preservação das espécies. O zoológico foi o primeiro de iniciativa privada do Brasil, contando hoje com uma média de 1000 animais, de 242 espécies diferentes, sendo 26 ameaçadas de extinção.

“É nosso dever zelar por todas espécies que estão no Bioparque, afinal,  cuidamos de uma das dádivas de Deus”

Em 1950, o plantel do zoológico começou a crescer, chegando à década de 1980 com um aumento no seu número de recintos, sendo construídas as primeiras alas próprias para aves, pequenos mamíferos e primatas. Entretanto, com o fechamento das indústrias Weege, o zoo passou a enfrentar dificuldades financeiras a partir dos anos 1990. No final da década, a Instituição passou a receber colaborações financeiras de um empresário filantropo, o que permitiu grandes reformas e melhorias estruturais, visando o bem estar dos animais e dos visitantes.

Hoje, o Zoo Pomerode se encontra como um dos melhores zoológicos do Brasil e tem como suas principais missões promover a conservação de espécies nativas e exóticas ameaçadas de extinção, atuar como um Centro de Educação para Conservação e proporcionar ao público a conscientização sobre a importância da conservação da biodiversidade do planeta. Para cumprir com sua agenda de conservação e de atividades socioculturais, o Zoo Pomerode conta com uma equipe preparada e em constante desenvolvimento.

“É nosso dever zelar por todas espécies que estão no Bioparque, afinal,  cuidamos de uma das dádivas de Deus”  conta Ana Clarissa Sommer, gerente financeira do parque há mais de 16 anos. Em entrevista, ela explica como o Zoo Pomerode é uma Fundação  idônea  e comprometida com a vida animal:

Como ocorreram essas ampliações ao decorrer dos anos?

Ana Clarissa: Na década dos anos 80 foram marcados  pelo aumento no número de recintos do zoológico. Foram construídas as primeiras alas: aves, primatas e pequenos mamíferos. Mas, com o fechamento da Indústria Weege, o zoo passou a enfrentar grandes dificuldades financeiras nos anos 90. O Zoo Pomerode chegou a ser fechado pelo Ibama, mas foi reaberto uma semana depois. A partir de então o zoológico passou a receber uma subenção social da Prefeitura Municipal de Pomerode, este recurso visava a assistência continua de um Veterinário e Biólogo. No final dos anos 90 um empresário filantropo também passou a colaborar financeiramente com o zoológico, neste período iniciou se um período de grandes reformas e melhorias estruturais, visando o bem estar dos animais e para os visitantes. Com passar do tempo, o Zoo Pomerode, conquistou seu espaço e atualmente é classificado como um dos melhores Zoológicos do Brasil.

Atualmente tem por missão, manter grupos de animais através programas de conservação, bem como promover a educação ambiental e tornar-se referência em modelos sustentabilidade no Brasil.

Financeiramente, como foi possível realizar essas reformas?

Ana Clarissa: O Zoo Pomerode é uma Fundação Privada Sem Fins Lucrativos, vale salientar que o  Zoo não recebe  nenhum tipo de subvenção, ou seja, dependemos 95% da arrecadação de nossas bilheterias, para auxiliar nas despesas, no ano de 2005 foi elaborado o Projeto Arca de Noé, o qual  recebeu o nome carinhoso de “Adote um Animal”. No projeto, cada empresa escolhe uma espécie, que possui na frente de seu recinto uma placa biológica, em que reservamos um espaço para a exposição da logomarca da empresa, divulgamos a parceria nas nossas redes sociais. Somado a isso, para cada valor recebido, tem um ingresso de cortesia como forma de contemplar as pessoas envolvidas no projeto. Dessa forma, além de conseguirmos mais parceiros, as empresas também agregam valor à marca, demonstrando comprometimento socioambiental ao auxiliar na manutenção e conservação da fauna nativa e exótica, muitas delas em perigo de extinção.

Como o zoo tem lidado com a pandemia?

O BioParque segue com todas as medidas preventivas ao Covid-19 - Arquivo/Zoo Pomerode
1 3
O BioParque segue com todas as medidas preventivas ao Covid-19 - Arquivo/Zoo Pomerode
O BioParque segue com todas as medidas preventivas ao Covid-19 - Arquivo/Zoo Pomerode
2 3
O BioParque segue com todas as medidas preventivas ao Covid-19 - Arquivo/Zoo Pomerode
O BioParque segue com todas as medidas preventivas ao Covid-19 - Arquivo/Zoo Pomerode
3 3
O BioParque segue com todas as medidas preventivas ao Covid-19 - Arquivo/Zoo Pomerode

Ana Clarissa: O Bioparque  seguiu todas as medidas preventivas. Inclusive,  adquirimos um sistema de reconhecimento facial que faz a contagem de pessoas, cada bilheteria possui uma TV, o qual o efetuamos controle  do numero de visitantes no parque.

Na entrada os visitantes passam pelos tapetes, que possuem produto  sanitizante para assepsia, é aferida a temperatura,  retiramos todos os bancos e bebedouros para que não houvesse contato, colocamos em todo percurso várias dispensers de álcool em gel,  efetuamos  em hora em hora a limpezas de parapeitos e corrimãos. Ou seja, não poupamos esforços e investimentos para garantirmos a segurança de nossos colaboradores e visitantes.

Zoo Pomerode está aberto todos os dias, inclusive feriados e finais de semana.

Horário: 8h às 18h

Endereço: Rua Hermann Weege, 180, Pomerode – Santa Catarina

Telefone para contato: (47) 3387-2659 ou (47) 3387-4260

Whatsapp bilheterias: (47) 99750-1211 ou (47) 99750-2877

Ingressos aqui

+

Zoo Pomerode – BioParque

Loading...