Cachorro vai para a emergência após comer 12 ovos de Páscoa

Bruce, da raça labradoodle, precisou receber tratamento após devorar barras de chocolate amargo, que têm uma substância tóxica para cães

Bruce, um cãozinho da raça labradoodle que mora com sua família na Inglaterra, precisou receber um tratamento de emergência após devorar 12 ovos de páscoa com recheio de creme e várias barras de chocolate amargo. A tutora dele, Alison Rothery, conta que ficou surpresa ao encontrar as embalagens rasgadas das guloseimas na caminha dele – Foto: Reprodução
1 5

Bruce, um cãozinho da raça labradoodle que mora com sua família na Inglaterra, precisou receber um tratamento de emergência após devorar 12 ovos de páscoa com recheio de creme e várias barras de chocolate amargo. A tutora dele, Alison Rothery, conta que ficou surpresa ao encontrar as embalagens rasgadas das guloseimas na caminha dele – Foto: Reprodução

“Colocamos os chocolates em uma prateleira bem alta, no fundo da despensa, onde pensamos que ele não alcançaria”, afirma, em entrevista ao jornal Britânico Daily Mail – Foto: Reprodução/Daily Mail
2 5

“Colocamos os chocolates em uma prateleira bem alta, no fundo da despensa, onde pensamos que ele não alcançaria”, afirma, em entrevista ao jornal Britânico Daily Mail – Foto: Reprodução/Daily Mail

Ela supõe que a porta do cômodo deve ter sido deixada entreaberta, então, o cachorro farejou e devorou os doces. “Ele não parecia triste ou incomodado, ao contrário, estava empolgado. Mas isso devia ser por causa de todo o açúcar que ingeriu. Quando percebi a quantidade de chocolate que ele comeu, soube que precisava procurar ajuda”, lembra. “Eu estava mais preocupada com [a ingestão] do chocolate amargo que dos ovos, pois sabia dos perigos”, acrescenta – Foto: Reprodução/Daily Mail
3 5

Ela supõe que a porta do cômodo deve ter sido deixada entreaberta, então, o cachorro farejou e devorou os doces.
“Ele não parecia triste ou incomodado, ao contrário, estava empolgado. Mas isso devia ser por causa de todo o açúcar que ingeriu. Quando percebi a quantidade de chocolate que ele comeu, soube que precisava procurar ajuda”, lembra. “Eu estava mais preocupada com [a ingestão] do chocolate amargo que dos ovos, pois sabia dos perigos”, acrescenta – Foto: Reprodução/Daily Mail

O chocolate contém uma substância química chamada teobromina, que é tóxica para os cães e, inclusive, pode levar à morte. Ela afeta principalmente o intestino, o coração, os rins e o sistema nervoso central, causando sintomas como vômito, diarreia, inquietação, hiperatividade e convulsão. A quantidade de teobromina varia conforme o tipo de chocolate, mas o amargo é o mais tóxico, de acordo com o veterinário Dave Hollinshead, que cuidou do pet. – Foto: Reprodução/Daily Mail
4 5

O chocolate contém uma substância química chamada teobromina, que é tóxica para os cães e, inclusive, pode levar à morte. Ela afeta principalmente o intestino, o coração, os rins e o sistema nervoso central, causando sintomas como vômito, diarreia, inquietação, hiperatividade e convulsão. A quantidade de teobromina varia conforme o tipo de chocolate, mas o amargo é o mais tóxico, de acordo com o veterinário Dave Hollinshead, que cuidou do pet. – Foto: Reprodução/Daily Mail

Dave e sua equipe decidiram aplicar uma injeção em Bruce, que o fez vomitar muito chocolate. Felizmente, depois de passar por exames, e receber uma receita de carvão ativado para cachorros, que ajuda a absorver toxinas presentes no sistema digestivo, o cãozinho foi liberado para voltar para casa. “Os ovos de Páscoa são um presente delicioso para crianças e adultos, mas oferecem grandes perigos para animais de estimação. Então, por favor, tomem cuidado”, alertou Hollinshead. Alison afirmou que desde o susto com Bruce, todos os chocolates da família ficam guardados na geladeira – Foto: Reprodução/Daily Mail
5 5

Dave e sua equipe decidiram aplicar uma injeção em Bruce, que o fez vomitar muito chocolate. Felizmente, depois de passar por exames, e receber uma receita de carvão ativado para cachorros, que ajuda a absorver toxinas presentes no sistema digestivo, o cãozinho foi liberado para voltar para casa. “Os ovos de Páscoa são um presente delicioso para crianças e adultos, mas oferecem grandes perigos para animais de estimação. Então, por favor, tomem cuidado”, alertou Hollinshead. Alison afirmou que desde o susto com Bruce, todos os chocolates da família ficam guardados na geladeira – Foto: Reprodução/Daily Mail

+

Animais