Cobra vai às ‘compras’ em loja de eletrodomésticos no Centro de Gaspar

Bombeiros precisaram ser chamados para capturar o animal na manhã desta segunda-feira (1º)

Uma cobra foi às “compras” na manhã desta segunda-feira (1ª) em Gaspar, no Vale do Itajaí. O animal foi localizado pelas vendedoras no interior de uma loja de móveis e eletrodomésticos na rua Industrial José Beduschi, no Centro.

Cobra coral é capturada pelos bombeiros em Gaspar – Foto: CBM/DivulgaçãoCobra coral é capturada pelos bombeiros em Gaspar – Foto: CBM/Divulgação

Por volta das 8h30, o Corpo de Bombeiros precisou ser chamado para fazer a captura da serpente. De acordo com os socorristas, é uma cobra coral verdadeira. Ela ainda é pequena, mede aproximadamente 30 centímetros.

De acordo com a Fiocruz, é a espécie mais venenosa do Brasil. Integra a família das Najas e Mambas  e possui veneno neurotóxico potente.

>> TOP 5: conheça as cobras que têm assustado os moradores de SC

Medidas preventivas

– Evite o acúmulo de lixo e entulho;
– Mantenha jardins e terrenos baldios limpos;
– Apare o gramado e recolha folhas caídas;
– Coloque lixo em sacos plásticos e feche-os corretamente;
– Vede aberturas da casa podem facilitar o acesso dos animais, como soleiras de portas e ralos;
– Examine roupas, calçados, toalhas e roupas de cama antes de usá-las;
– Evite andar descalço;
– Use luvas de proteção ao trabalhar com materiais estocados, como lenha, por exemplo.

Primeiros Socorros

– Lave o local com água e sabão;
– Mantenha a vítima em repouso absoluto. Não a faça caminhar ou correr;
– Remova anéis, pulseiras, braceletes e outros adornos;
– Se a vítima estiver consciente, ofereça água para ela beber;
– Eleve o local afetado;
– Se possível, leve o animal para identificação, mesmo morto;
– Assim que possível ligue para o Centro de Informações Toxicológicas – 0800-643-5252;
– Leve a vítima ao pronto-socorro imediatamente;
– O Corpo de Bombeiros é acionado pelo telefone 193.

Não faça

– Não amarre o membro ou faça torniquete;
– Não corte o local da picada;
– Não chupe o local da picada;
– Não coloque substâncias no local da picada.

Acesse e receba notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Animais