Deputado Marcius Machado explica importância de projeto de lei que proíbe corrida de cães

SC no Ar desta quarta-feira (15) recebeu o deputado estadual, autor do projeto, que contou o que os animais que são submetidos às corridas sofrem

O PL (projeto de lei) 70/2021, que proibia a realização de corrida de cães em Santa Catarina, será reapresentado na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina). De autoria do deputado estadual Marcius Machado (PL), o texto foi rejeitado em uma sessão de agosto deste ano e estava arquivado desde então.

Projeto de lei 70/2021 proíbe a realização de corrida de cães em Santa Catarina – Foto: PixabayProjeto de lei 70/2021 proíbe a realização de corrida de cães em Santa Catarina – Foto: Pixabay

Na manhã desta quarta-feira (15), o SC no Ar recebeu Machado, que falou sobre a importância de proibir a corrida de cães: “Essa prática, de fato, é uma prática nefasta, que tá iniciando em Santa Catarina. (…) Eles utilizam drogas, cafeína, pro animal ficar super estimulado. Eles os colocam em lugares muito pequenos, escuros, para que na hora que o animal saía, ele possa ir com alto impacto.”

O deputado acredita que o projeto seguirá adiante dessa vez. “Poucos deputados não quiseram assinar o projeto. Eu precisava de 21 assinaturas, que é maioria absoluta, e agora nós conseguimos 27 assinaturas. Então, agora vai para os trâmites burocráticos”, contou ele.

Saiba mais sobre o projeto na entrevista completa.

+

SC no ar – Entrevistas

Loading...