Dia do Gato: quatro vezes que os ‘miaus’ arteiros deram dor de cabeça em SC

Nesta quarta-feira (17) é comemorado o Dia do Gato, um dos mais fofos e antigos animais de estimação do homem

Nesta quarta-feira, 17 de fevereiro, é comemorado o Dia do Gato. Sim, um dos mais fofos e antigos animais de estimação do homem tem uma data especial só para ele.

E como a celebração não deve passar em branco, o ND+ listou quatro vez que os “miaus” arteiros viraram notícia ao aprontarem e darem dor de cabeça não só aos tutores, mas também ao Corpo de Bombeiros.

Afinal, os gatíneos protagonizam ótimas histórias de resgate quando se enfiam nos lugares mais complicados. Vamos ao TOP 4:

A gata churrasqueira

Sete dias. Este foi tempo que uma gatinha ficou presa dentro da churrasqueira de um prédio em Joinville após cair de uma altura de quatro andares. O resgate inusitado do animal aconteceu na primeira semana de 2021. Uma câmera de segura flagrou a pestinha escondida.

Gata é encontrada presa em churrasqueira após sete dias – Foto: Nathalia Bozzo/Arquivo Pessoal/NDGata é encontrada presa em churrasqueira após sete dias – Foto: Nathalia Bozzo/Arquivo Pessoal/ND

O gato aventureiro

Em Santa Cecília, no Planalto Serrano, um gato saiu para passear e não conseguiu mais voltar para casa. Ele ficou preso por dois dias no telhado de um galpão a cerca de 15 metros do chão. Quando os bombeiros chegaram, o bichinho se assustou e acabou se escondendo na calha. O resgate levou quase de três horas.

Gato é resgatado em telhado de galpão com mais de 15 metros de altura – Foto: Divulgação/OBM/NDGato é resgatado em telhado de galpão com mais de 15 metros de altura – Foto: Divulgação/OBM/ND

O gato anti-natal

Para fugir das celebrações do último Natal, um gatinho de Itajaí tratou de se abrigar entre duas paredes. O que ele não contava é que seria difícil sair. A família chamou os bombeiros, porém o local era muito estreito e escuro, impossibilitando o resgate naquele momento. A tutora precisou monitorar o animal para depois o bichinho ser salvo.

O gato paraquedista

O filhotinho queria saber se é verdade que gatos têm sete vidas e resolveu pular do sétimo andar de um prédio em Itajaí na madrugada de segunda-feira (15). O que o felino descobriu foi que não tem asas e deu de cara com uma proteção de madeira de uma obra. Resultado? Os bombeiros precisaram usar uma escada prolongável para acessar o local da queda e pegar o gatinho, que feriu uma pata.

Gatinho pulo do sétimo andar e caiu em madeira de proteção de obra – Foto: CBM/DivulgaçãoGatinho pulo do sétimo andar e caiu em madeira de proteção de obra – Foto: CBM/Divulgação

>> Inusitado: conheça o cemitério de gatos no coração de Blumenau

Acesse e receba notícias de Itajaí e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Animais