Fotógrafo flagra pinguim amarelo “nunca antes visto” descansando em ilha

Seria um caso genético raríssimo, mas de acordo com o fotógrafo, até agora nenhum outra caso de pinguim amarelo foi registrado

Se estiver na praia, principalmente com águas mais geladas, e cruzar com um pinguim amarelo, não se assuste. Ele existe e foi registrado em foto para que fique documentado. O autor da façanha foi Yves Adams, especialista em registrar vidas animais.

Piguim “nunca antes visto” foi registrado próximo a uma colônia. Até agora não se sabe de outro igual – Foto: Yves Adams/DivulgaçãoPiguim “nunca antes visto” foi registrado próximo a uma colônia. Até agora não se sabe de outro igual – Foto: Yves Adams/Divulgação

O registro do pinguim amarelo “nunca antes visto” foi feito nas Ilhas Geórgia e Sandwich do Sul, entre a América do Sul e a Antártida, conforme o New York Post.

Ave estava no meio de uma colônia e foi avistado pelo fotógrafo num lance de sorte – Foto: Yves Adams/DivulgaçãoAve estava no meio de uma colônia e foi avistado pelo fotógrafo num lance de sorte – Foto: Yves Adams/Divulgação

A coloração do pinguim é amarela em razão do leucismo, uma particularidade genética recessiva que afeta a pigmentação dos animais.

+

Animais