FOTOS: filhote de baleia é encontrado morto no Litoral Norte de SC

É a segunda ocorrência de uma baleia-jubarte morta no litoral norte-catarinense no mês de junho; resultado da necropsia sai nesta terça-feira (22)

No início da tarde deste domingo (20), o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS/Univille) registrou um filhote de baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) morto na praia de Balneário Barra do Sul, Litoral Norte de Santa Catarina. 

Foi durante o monitoramento regular na praia de Salina, informou a Unidade de Estabilização de Animais Marinhos.

O primeiro caso foi registrado há duas semanas (7/6), no município de Itapoá, também no Litoral Norte.

Importante alertar que quem encontrar um animal marinho morto ou debilitado deve ligar para 0800 642 3341 / (47) 3471 3816 (base) / (47) 99212 9218 (whatsapp).

Um filhote de baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) foi encontrado morto na praia de Balneário Barra do Sul, Litoral Norte de Santa Catarina, no domingo (20). – Unidade de Estabilização de Animais Marinhos da Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
1 6
Um filhote de baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) foi encontrado morto na praia de Balneário Barra do Sul, Litoral Norte de Santa Catarina, no domingo (20). – Unidade de Estabilização de Animais Marinhos da Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
Por questões de segurança dos profissionais da equipe, foi necessário aguardar o recuo da maré.– Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos da Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
2 6
Por questões de segurança dos profissionais da equipe, foi necessário aguardar o recuo da maré.– Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos da Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
Depois que a maré baixou, os técnicos de campo realizaram o registro fotográfico, biometria e análise externa do filhote de baleia. Algumas amostras padrão foram coletadas, como pele, músculo e gordura. – Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos – Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
3 6
Depois que a maré baixou, os técnicos de campo realizaram o registro fotográfico, biometria e análise externa do filhote de baleia. Algumas amostras padrão foram coletadas, como pele, músculo e gordura. – Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos – Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
Em razão das condições desfavoráveis de maré e indisponibilidade de maquinário da prefeitura do município, a avaliação veterinária e o procedimento de necropsia foram planejados para a manhã do dia seguinte. Outro fator considerado foi o trânsito característico da BR-280, sentido Joinville e BR -101, o que inviabiliza a agilidade do deslocamento da base, em São Francisco do Sul, até Balneário Barra do Sul, especialmente aos domingos.– Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos – Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
4 6
Em razão das condições desfavoráveis de maré e indisponibilidade de maquinário da prefeitura do município, a avaliação veterinária e o procedimento de necropsia foram planejados para a manhã do dia seguinte. Outro fator considerado foi o trânsito característico da BR-280, sentido Joinville e BR -101, o que inviabiliza a agilidade do deslocamento da base, em São Francisco do Sul, até Balneário Barra do Sul, especialmente aos domingos.– Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos – Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
A Secretaria de Meio Ambiente de Barra do Sul e equipe dos Bombeiros Militar e Voluntários auxiliaram no monitoramento do animal durante o período noturno bem como deram apoio na logística operacional para o dia seguinte. -Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos – Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
5 6
A Secretaria de Meio Ambiente de Barra do Sul e equipe dos Bombeiros Militar e Voluntários auxiliaram no monitoramento do animal durante o período noturno bem como deram apoio na logística operacional para o dia seguinte. -Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos – Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND
Na manhã de hoje (21), uma equipe técnica (médico veterinário, técnicos de laboratório e a gerente de campo) deslocou-se até o local para o procedimento de necropsia e correta destinação da carcaça. O material segue em análise e o resultado da necropsia com a provável causa da morte só deve sair na manhã desta terça-feira (22). -Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos – Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND 
6 6
Na manhã de hoje (21), uma equipe técnica (médico veterinário, técnicos de laboratório e a gerente de campo) deslocou-se até o local para o procedimento de necropsia e correta destinação da carcaça. O material segue em análise e o resultado da necropsia com a provável causa da morte só deve sair na manhã desta terça-feira (22). -Foto: Unidade de Estabilização de Animais Marinhos – Univille PMP-BS Trecho 05/Divulgação ND 
+

Animais

Loading...