FOTOS: Lobo-marinho é flagrado fazendo graça em praia de Itapoá

Lobo-marinho aparece em praia de Itapoá; é primeiro registro vivo da temporada 2021 no Litoral Norte catarinense

Imagine você na praia e se deparar com um bichinho desses fazendo graça? Na semana passada, dia 4/8, Projeto de Monitoramento de Praias  (PMP/ BS Univille) recebeu mensagens de moradores de Itapoá, Litoral Norte do Estado, sobre a presença de um lobo-marinho vivo, na Barra do Saí.

Imediatamente, um técnico de campo foi até o local e verificou que se tratava de um lobo-marinho-subantártico (Arctocephalus tropicalis) juvenil descansando, na faixa de areia.

Segundo o Projeto, esse foi o primeiro registro de lobo-marinho vivo da temporada 2021 no Litoral Norte catarinense.

A operação logística de atendimento veterinário na praia foi organizada para o dia seguinte pela manhã. Uma equipe composta por veterinários e biólogos foi até o local para o manejo do lobo-marinho.

Segundo a médica veterinária Giulia Gaglianone Lemos, o animal  – um macho de 1,34 metros de comprimento total – estava com comportamento normal de repouso. Mesmo assim, amostras foram coletadas para análise geral de saúde do bichinho.

O lobinho recebeu um brinco de identificação individual na nadadeira peitoral direita (BR/Univille 0001), um microchip e ainda teve as unhas das nadadeiras posteriores pintadas de verde. Este procedimento de marcação facilita a identificação do animal e acompanhamento do seu deslocamento.

Após o manejo, o jovenzinho lobo-marinho voltou para o mar para se refrescar e em poucos minutos retornou para a faixa de areia onde foi monitorado pelos técnicos de campo até o final do dia.

Ainda segundo informações das equipes, o lobo-marinho não foi mais avistado no Trecho 05 – região do Litoral Norte catarinense.

“Ressaltamos a importância de respeitar o momento de descanso, afastar animais domésticos, não forçar o retorno do animal para a água e não oferecer alimentos”, alertam os biólogos do projeto.

Se alguém encontrar algum animal marinho morto ou debilitado deve ligar para 0800 642 3341 / (47) 3471 3816 (base) / (47) 99212 9218 (whatsapp).

Veja as fotos

Equipe reunida para planejar a contenção do lobo-marinho. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
1 8
Equipe reunida para planejar a contenção do lobo-marinho. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
Lobo-marinho-subantártico juvenil descansando na areia – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
2 8
Lobo-marinho-subantártico juvenil descansando na areia – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
Avaliação veterinária do bichinho. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
3 8
Avaliação veterinária do bichinho. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
Animal foi imobilizado para avaliações: está com condição corporal entre magro e bom, ou seja, boas condições de saúde. Só estava precisando descansar para repor energias. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
4 8
Animal foi imobilizado para avaliações: está com condição corporal entre magro e bom, ou seja, boas condições de saúde. Só estava precisando descansar para repor energias. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
A área foi isolada e os profissionais contaram com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Itapoá para garantir a salvaguarda do lobinho. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
5 8
A área foi isolada e os profissionais contaram com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Itapoá para garantir a salvaguarda do lobinho. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
Lobo-marinho foi identificado. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
6 8
Lobo-marinho foi identificado. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
Lobo-marinho vivo, na Barra do Saí, em Itapoá, fazendo graça. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
7 8
Lobo-marinho vivo, na Barra do Saí, em Itapoá, fazendo graça. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
Após receber avaliação e cuidados, foi deixado livre para voltar ao seu habitat. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
8 8
Após receber avaliação e cuidados, foi deixado livre para voltar ao seu habitat. – Foto: Resgate Marinho Univille/Divulgação ND
+

Animais

Loading...