Homem morre no Norte de SC e cães que o aguardavam no hospital precisam de lar

História dos cães que aguardavam pelo tutor internado em Canoinhas chamou atenção no mês de maio

Em maio deste ano, chamou atenção a história de quatro cães que aguardavam pelo tutor na porta de um hospital de Canoinhas, no Planalto Norte catarinense. Na semana passada, o homem acabou morrendo e os fiéis amigos, agora, precisam de um novo lar.

Os cães aguardavam o dono em frente ao hospital de Canoinhas – Foto: Arquivo pessoalOs cães aguardavam o dono em frente ao hospital de Canoinhas – Foto: Arquivo pessoal

O catador de recicláveis Osvaldo Martins, de 59 anos, foi internado no começo de maio, no Hospital Santa Cruz. À época, apresentava problemas respiratórios, mas havia testado negativo para Covid-19. No dia 4 de junho, ele faleceu com diagnóstico de cirrose, embora a família afirme que ele nunca bebeu.

Durante o tempo em que Osvaldo esteve no hospital, os cães montaram guarda à frente da unidade de saúde, esperando pela volta do tutor. Protetores de animais levavam comida, água e cobertas para que os cachorros ficassem mais confortáveis durante a estada.

Com o falecimento de Osvaldo, no entanto, os bichos acabaram se separando. A mais antiga companheira dele foi adotada por uma senhora que sempre o ajudava, mas os outros três são acostumados à rua e, por isso, acabam fugindo de casa.

Por isso, os protetores de animais de Canoinhas pedem ajuda para encontrar um novo lar para eles, de preferência com muros altos que impeçam a fuga. Os interessados podem entrar em contato com o Grupo Resgate.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Animais