Lontras que vivem em aquário testam positivo para Covid-19

Animais estão no Georgia Aquarium, em Atlanta; suspeita é de que o grupo tenha sido contaminado por tratador assintomático

Um grupo de lontras que vive no Aquário da Geórgia, Estados Unidos, anunciou no último domingo (18) que os animais, da espécie asiáticas de garras pequenas, testaram positivo para a Covid-19.

Grupo de lontras, que vivem em aquário dos EUA, testam positivo para a Covid-19 – Foto: Fujama/DivulgaçãoGrupo de lontras, que vivem em aquário dos EUA, testam positivo para a Covid-19 – Foto: Fujama/Divulgação

A informação foi publicada no site The Hill. A suspeita é que as lontras tenham sido infectadas por um tratador assintomático, uma vez que elas não têm contato direto com os visitantes.

De acordo com o Georgia Aquarium, que fica no estado de Atlanta, as lontras foram diagnosticadas após terem episódios de espirros, coriza e tosse. Os veterinários do local, então, realizaram exames nos animais, incluindo o de Covid-19.

Os efeitos colaterais de longo prazo da Covid-19 na espécie são desconhecidos, mas a expectativa da equipe de veterinários é de que o grupo se recupere totalmente.

“Estamos prestando cuidados de suporte conforme necessário para que elas possam comer, descansar e se recuperar”, disse Tonya Clauss em um comunicado publicado pelo portal de notícias.

“Por precaução, todos os funcionários que estiveram em contato com as lontras foram testados. O risco de transmissão de animal para humano é incrivelmente raro”, disse o aquário em nota.

+

Animais