Cães e gatos podem e devem ser amigos. Com um treino simples e paciência você consegue a proeza

Participe do Outlet do Bem e doe castrações ao comprar roupas e acessórios de grifes famosas!

Outlet

A Ong AMAR (Amigos dos Animais de Rua) participa neste fim de semana do evento Outlet do Bem, organizado por empresários e com renda revertida para as castrações de animais que vivem em comunidades carentes realizadas regularmente pela AMAR em cidades da Grande Florianópolis. Se você gosta de roupas e acessórios de marcas famosas, não perca a oportunidade!

Serviço
Dias 22 e 23 de junho.
Local: Centro Executivo 1º de maio – Av. Leoberto Leal, 604, Barreiros, São José.
Lojas participantes: MOB, Calvin Klein, Dumond, Victor Hugo e Capodarte.

Divulgação AMAR

Aproveite a chance de ajudar a AMAR a castrar peludos carentes!

Cães x Gatos

Quando o assunto é aproximar cães e gatos, nós, humanos, podemos ajudar somente até certo ponto. De um ponto em diante, os peludos progredirão sozinhos. Em outras palavras, podemos fazer com que os dois se tolerem e vivam bem no mesmo ambiente, mas não podemos fazer com que sejam melhores amigos.

Aos poucos

O primeiro passo para o sucesso da aproximação e da futura amizade é dar bastante exercício ao cão. Quanto mais baixa a energia de seu cão estiver, menos chances dele querer atacar o bichano. Ponha seu cão na guia e deixe o gato à vontade pela casa. Sempre que o gato aparecer, mesmo que de longe, elogie seu cão. Dê carinho e um pedaço de petisco que ele goste. Lembre de usar petiscos naturais e que não interfiram muito na dieta, como pedacinhos de cenoura crua, maçã ou até mesmo bolinhas da ração, lembrando de diminuir a quantidade de comida no dia, caso as recompensas tenham sido em número considerável.

Dê tempo

Faça isso por uns dias, até você perceber que o cão está tranquilo e até gostando quando o gato aparece. Um segundo estágio é mostrar para o gato que o cão também traz coisas prazerosas. Pegue o bichano no colo e dê petiscos de gato sempre que o cão se aproximar. A dica sobre a quantidade é a mesma. Pets com sobrepeso ou obesos logo começarão a ficar doentes. Conforme forem passando os dias, eles vão ficando cada vez mais tranquilos.

Ousando

Deixe então o cão na guia e o gato solto, os dois e você no mesmo ambiente. Aos poucos, solte a guia do cão e deixe que eles próprios definam os limites entre eles. Neste processo todo o mais importante é não querer dar um passo maior do que as pernas. Vá com calma e progrida um pouco a cada dia. Você pode expor um ao outro por curtos períodos várias vezes ao dia. A ideia é que o treino inteiro dure mais ou menos um mês.

Loading...