Tutor de pitbulls que mataram poodle em SC terá que pagar indenização

O proprietário dos animais de grande porte terá que pagar cerca de R$ 11 mil; o caso aconteceu em fevereiro de 2016 na cidade de Blumenau, no Vale do Itajaí

A Justiça de Blumenau condenou um homem ao pagamento de indenização por danos morais e materiais após quatro cães da raça pitbull, que estavam sob a tutela do réu, atacarem e matarem um cachorro da raça poodle. O proprietário dos animais de grande porte terá que pagar cerca de R$ 11 mil. Da decisão ainda cabe recurso.

Tutor de pitbulls que mataram poodle terá que pagar indenização em SC. – Foto: Reprodução/InternetTutor de pitbulls que mataram poodle terá que pagar indenização em SC. – Foto: Reprodução/Internet

O caso aconteceu em fevereiro de 2016. De acordo com o processo, o casal autor da ação passeava com o poodle em frente à residência do réu, quando o animal foi até o portão onde estavam os pitbulls. Neste momento o cãozinho foi puxado por um dos cachorros de grande porte e foi atacado até a morte.

O proprietário dos pitbulls se defendeu alegando que a culpa pela morte do poodle era dos seus tutores. Ele apontou a falta de zelo do casal como responsável do cãozinho.

No entanto, o juiz Clayton César Wandscheer, titular da 2ª Vara Cível da comarca de Blumenau, entendeu que o casal não pode ser culpada pelo simples fato do cachorro estar lhe acompanhando sem guia. Uma vez que tratava-se de um cão de pequeno porte, da raça poodle, incapaz de gerar perigo.

“A perda de um animal de estimação gera sentimentos de dor e angústia, semelhantes ao de um ente querido”, cita ainda o magistrado na decisão.

Acesse e receba notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Animais