VÍDEO: Baleia Franca identificada em 2008 é vista com filhote em praia de Florianópolis

Fêmea observada neste sábado (14) na praia dos Açores é velha conhecida dos pesquisadores; é o quarto ano em que a baleia franca aparece no litoral de SC

Uma baleia franca adulta foi avistada na companhia do filhote na tarde deste sábado (14), na praia dos Açores, em Florianópolis. A presença dos animais foi registrada em vídeo e encantou observadores.

Santa Catarina é escolhida pelas baleias francas para acasalar, ter seus filhotes e amamentá-los. Entre julho e novembro é possível encontrá-las pelas praias do Litoral.

Assista:

De acordo com Karina Groch, diretora do ProFRANCA/Instituto Australis, que monitora a presença dessa espécie de mamífero em Santa Catarina, a baleia franca avistada com o filhote neste sábado já é uma “velha conhecida” dos pesquisadores. Já é o quarto ano em que ela aparece em águas catarinenses.

A fêmea foi registrada no Sul do Brasil pela primeira vez em 2008 e foi identificada como B496. Em 2011 e em 2015 a mesma baleia franca marcou presença no litoral de SC. Nas três aparições anteriores, o animal também estava acompanhado de um filhote.

“Este registro é importante para monitorar o retorno destas baleias para nosso litoral, bem como a quantidade de filhotes, o que representa o crescimento e recuperação populacional desta espécie que ainda está ameaçada de extinção no Brasil”, destaca Groch.

“Impressão digital” da baleia

Karina Groch diz que é possível afirmar que se trata da mesma baleia franca avistada nos anos anteriores devido a características físicas próprias desse animal.

“A baleia nasce com calosidades na parte de cima da cabeça, que são colonizadas por organismos que chamamos de ‘piolho de baleia’ e têm coloração branca e amarelada. Conseguimos identificar as baleias através dos piolhos presentes nas calosidades. Como já nascem com o animal, não mudam e acabam sendo uma espécie de ‘impressão digital'”, explica. Com fotos e imagens aéreas é feito o reconhecimento individual.

A B496 também foi vista este ano no dia 3 de julho, em frente à sede do ProFRANCA, na praia de Itapirubá Norte, no município de Imbituba, onde permaneceu até o dia 16 de julho.

Segundo Groch, a baleia já estava acompanhada do filhote, que era bem pequeno à época, possivelmente com poucos dias de vida. “O registro com o intervalo de 40 dias foi importante para avaliar o seu crescimento.”

Veja na imagem:

Baleia franca e o filhote foram vistos no início de julho na praia de Itapirubá – Foto: ProFRANCA/Instituto Australis/Divulgação/NDBaleia franca e o filhote foram vistos no início de julho na praia de Itapirubá – Foto: ProFRANCA/Instituto Australis/Divulgação/ND

Amamentação

A diretora do ProFRANCA conta que as baleias francas se alimentam de crio, que é uma espécie de camarão que existe somente na Antártida. Lá, elas armazenam energia durante o verão.

Em julho, esses animais migram para o litoral brasileiro em jejum à procura de águas mais quentes e calmas para o nascimento dos filhotes. Conforme Groch, as baleias francas tendem a ficar de dois a três meses no litoral brasileiro, mas isso vai depender da condição nutricional do filhote.

“O alimento fundamental do filhote é o leite. Ele mama 200 litros por dia. É um leite bem gorduroso e nutritivo que faz com que cresça rápido. O filhote nasce com quatro metros de comprimento e ao final do primeiro ano de vida, já vai estar com oito ou nove metros de comprimento”, diz a diretora.

Depois que o filhote estiver bem nutrido e com uma grossa camada de gordura, ele estará apto a enfrentar as águas geladas da Antártida em busca de alimento.

Baleias no litoral de SC

A temporada reprodutiva das baleias franca vai de julho a novembro, com pico de ocorrência em setembro. Neste ano, as baleias franca chegaram ainda mais cedo a Santa Catarina. A primeira aparição ocorreu no dia 12 de junho. Mais de 40 baleias francas já foram vistas até o momento no Sul do Estado.

Em Florianópolis, esses animais aparecem com mais frequência nas praias da região Sul. Na última sexta-feira (13), quatro baleias francas adultas foram avistadas na praia da Barra da Lagoa.

Em setembro, a equipe do ProFRANCA, que conta com patrocínio da Petrobras, fará um sobrevoo de monitoramento da espécie para censagem e fotoidentificação das baleias presentes em Santa Catarina e no litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Animais

Loading...