VÍDEO: capivara dá ‘drible’ em biólogos durante resgate em SC

Animal foi encontrado dentro de uma marmoraria em Jaraguá do Sul e deu trabalho aos biólogos do Fujama

Uma capivara deu trabalho ao ser resgatada em uma marmoraria em Jaraguá do Sul, no Norte do Estado. A “danada” deu um verdadeiro “baile” ao driblar as investidas de funcionários do local e de biólogos da Fujama (Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente).

Capivara deu trabalho para ser capturada em Jaraguá do Sul – Foto: Fujama/Divulgação/NDCapivara deu trabalho para ser capturada em Jaraguá do Sul – Foto: Fujama/Divulgação/ND

O caso ocorreu na quinta-feira (28), no bairro Barra do Rio Cerro. Segundo a fundação, o animal jovem, pesando entre 25 e 30 quilos, foi encontrado dentro do estabelecimento.

Os funcionários e os biólogos, então, tentaram capturá-la, para devolvê-la à natureza, porém o animal “arisco” foi mais ágil e conseguiu por diversas vezes escapar das investidas.

Biólogos tiveram que utilizar uma rede para capturar o animal – Foto: Fujama/Divulgação/NDBiólogos tiveram que utilizar uma rede para capturar o animal – Foto: Fujama/Divulgação/ND

Depois de muito trabalho e com a ajuda de uma rede, o animal foi resgatado. Saudável, ele já foi libertado em uma área de preservação ambiental.

A situação foi tão “complicada” que acabou até virando “meme” em um vídeo publicado pela Fujama.

Outra capivara também é capturada na BR-280

Na última semana, os biólogos da fundação também realizaram a captura de outra capivara. Dessa vez, ela foi encontrada em uma das áreas onde ocorrem as obras de duplicação da BR-280, na terça-feira (26).

O animal adulto estava ferido na barriga e passará por avaliação veterinária antes de ser devolvido à natureza.

Maior roedor do reino animal, a capivara é um animal típico da fauna brasileira e comum em Jaraguá do Sul. Por terem hábitos aquáticos, normalmente eles são encontrados em bandos, próximos a rios e lagos.

Mas, segundo a Fujama, devido o avanço da área urbana sobre seu habitat natural é cada vez mais comum encontra-las em parques e até em áreas residenciais.

Após o resgate, ela foi devolvida à natureza – Foto: Fujama/Divulgação/NDApós o resgate, ela foi devolvida à natureza – Foto: Fujama/Divulgação/ND

Em 2020, 441 animais silvestres foram capturados em Jaraguá do Sul

No último ano, a fundação resgatou 441 animais silvestres em áreas residenciais da cidade, na grande maioria serpentes, aves e mamíferos, como gambás. Também houve o registro de espécimes como tamanduá-mirim, cachorro do mato, cervos, lagartos, entre outras, comuns da Mata Atlântica.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Animais