VÍDEO: Criança tentar levar cachorro na mochila para escola, mas plano dá errado

Intenção da garota era que o filhote Billy a acompanhasse na aula

Uma menina de 4 anos viralizou na internet após ter uma ideia inusitada para não se separar de seu cachorro de estimação. Lívia Vitória resolveu colocar o pinscher Billy, de apenas 30 dias, dentro de sua mochila. A  intenção era levá-lo para sua escola em Cuiabá, capital do Mato Grosso.

Criança tentar levar cachorro na mochila para escola, mas plano dá errado – Foto: Internet/Reprodução/NDCriança tentar levar cachorro na mochila para escola, mas plano dá errado – Foto: Internet/Reprodução/ND

A mãe da menina, Yara Vanessa de Souza, contou ao UOL que percebeu o plano da filha ao ouvir a conversa da criança com o filhote, que está na casa da família há apenas duas semanas.

“Eu tinha arrumado a Lívia primeiro, pra ela poder ir para a escola, e depois fui me arrumar. Só que nisso ela foi no colchãozinho do Billy, pegou ele e ficou brincando. Eu escutei ela conversando com ele: ‘Ai, Billy, você é meu amorzinho, hoje eu vou te levar pra escola’ e escutei o barulho do zíper da mochila dela”, contou a mãe.

Yara ainda contou que deixou Lívia seguir com a ideia por alguns minutos. Ela deixou a filha chamar o pai para levá-la até o colégio, enquanto carregava nas costas a mochila que escondia o pinscher, sem saber que a mãe já sabia de seu “segredo”.

“Ela pegou, saiu do portão e falou pro pai dela: ‘Pai, tô pronta, vamos para a escola’. Aí eu fui até o colchão do Billy e ele não estava mais lá. Eu pensei: ‘Não acredito que a Lívia colocou o Billy na mochila'”, conta.

Contudo antes que pudesse entrar no carro, a garota já foi questionada por Yara, que iria acompanhar o marido e filmou a descoberta de Billy no esconderijo planejado por Lívia, em imagens que divertiram as redes sociais.

“Ela ficou insistindo que queria levar ele, chorou um pouquinho, mas eu falei: ‘Não, o Billy vai te acompanhar só até o portão da escola’. E a gente foi conversando com ela, eu e meu esposo, explicando que não dá pra levar o cachorrinho, e ela foi aceitando”, detalha a mãe, que destaca o apego da filha com os pets.

“O Billy tem só duas semanas com a gente, mas nós temos outros quatro cachorros, ela é bastante apegada, tanto com os cachorros de casa, quanto na casa da avó, da bisa…Ela gosta muito de animais”.

Loading...