VÍDEO: Pancadaria em aeroporto após coelho ser impedido de embarcar em voo

Casal tinha autorização judicial para transportar coelho em cabine de avião, mas um ‘equívoco’ da companhia causou confusão no aeroporto

Mais uma confusão em um aeroporto brasileiro chamou a atenção nas redes sociais. E mais uma vez o caso aconteceu no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. A viagem de um casal terminou em confusão, ameaça e pancadaria, antes do final feliz do embarque. O motivo? Eles estavam acompanhados de um coelho.

Passageiro e funcionário de companhia aérea brigam em aeroporto de SP após coelho ser impedido de embarcar – Foto: Reprodução/InternetPassageiro e funcionário de companhia aérea brigam em aeroporto de SP após coelho ser impedido de embarcar – Foto: Reprodução/Internet

O caso aconteceu na quinta-feira (18) e o casal estava tentando embarcar para um voo internacional com a companhia aérea KLM quando a confusão aconteceu. Com autorização judicial para embarcar com o animal, o casal foi barrado pelos funcionários e foi aí que a discussão começou.

Tudo foi registrado por passageiros que também estavam no aeroporto. As imagens mostram o homem xingando a funcionária, sendo agredido por outro e uma confusão generalizada se instalou. A pancadaria envolveu o casal e funcionários. Durante a briga, o homem chega a ser empurrado e cai em cima da mala de transporte do coelho.

O casal tenta argumentar e dizer que tem autorização judicial e da própria companhia aérea para viajar com o animal na cabine, no entanto, a confusão continua, com ameaças dos dois lados.

Casal se revolta após ser impedido de embarcar com coelho em voo – Vídeo: Reprodução/Internet

A empresa afirmou, em nota, que “ao contrário de cães e gatos, animais roedores não podem ser transportados na cabine da aeronave (…)”. No entanto, a KLM admite, também, que houve um equívoco interno.

Recentemente, outra confusão aconteceu no aeroporto de Guarulhos. Após atraso e muita reviravolta em um voo para Belo Horizonte, os passageiros precisaram voltar para São Paulo e todo o atraso causou um ataque de fúria de um casal com um bebê de cinco meses.

Depois de muita confusão, coelho conseguiu embarcar para seu voo internacional – Foto: Reprodução/InternetDepois de muita confusão, coelho conseguiu embarcar para seu voo internacional – Foto: Reprodução/Internet

Depois de muita confusão e briga, o casal conseguiu embarcar com o coelho. Veja a nota da KLM na íntegra:

Ao contrário de cães e gatos, animais roedores não podem ser transportados na cabine da aeronave por razões de segurança, motivo pelo qual os passageiros não puderam embarcar no voo da KLM desta quinta-feira (18/11) em São Paulo com seu coelho. Devido a um equívoco interno da companhia, o transporte excepcional do animal na cabine da aeronave, com base em uma decisão judicial, não foi comunicado à tripulação do voo com antecedência. A KLM lamenta profundamente que a situação tenha escalado para um desentendimento no local de embarque. A companhia condena qualquer tipo de comportamento violento de passageiros e colaboradores, e uma investigação está em andamento para entender os fatos.”

+

Animais

Loading...