VÍDEO: Policiais visitam cadela Kyra após resgate traumático em Balneário Camboriú

Pouco mais de uma semana após resgatar a cadela de um carro completamente fechado e com graves sinais de desidratação, os policiais militares Herculano e Jaqueline foram visitar a cachorrinha na ONG

Pouco mais de uma semana depois do resgate traumático da cadela Kyra, da raça buldogue francês, de um carro totalmente fechado em Balneário Camboriú no Litoral Norte de Santa Catarina, a cadela recebeu a visita de seus heróis, os policiais militares Herculano e Jaqueline.

Foram Herculano e Jaqueline os responsáveis por resgatar Kyra, que passou mais de 3 horas em um carro totalmente fechado no Centro de Balneário Camboriú. Quando resgatada, a cadela estava desmaiada, apresentava dificuldades para respirar, ansiedade e com a temperatura corporal acima dos 40°C.

Kyra demonstrou gratidão e alegria por policiais com
1 3
Kyra demonstrou gratidão e alegria por policiais com "lambeijos" - Polícia Militar/Divulgação
Policiais militares Herculano e Jaqueline foram os responsáveis por resgatar cadela Kyra de carro fechado em Balneário Camboriú - Polícia Militar/Divulgação
2 3
Policiais militares Herculano e Jaqueline foram os responsáveis por resgatar cadela Kyra de carro fechado em Balneário Camboriú - Polícia Militar/Divulgação
Mesmo após o resgate, Herculano e Jaqueline acompanham recuperação de Kyra - Polícia Militar/Divulgação
3 3
Mesmo após o resgate, Herculano e Jaqueline acompanham recuperação de Kyra - Polícia Militar/Divulgação

Após ser resgatada, por decisão judicial, Kyra segue sob responsabilidade da ONG (Organização Não Governamental) Viva Bicho. Na tarde desta quarta-feira (19), Kyra recebeu as visitas dos policiais e demonstrou grande alegria e gratidão com os “lambeijos”.

Conforme a médica veterinária, Kyra está se recuperando muito bem, já se alimentando normalmente e interagindo com os demais pets da creche.

Kyra demonstrou muito amor e gratidão pelos policiais que a restaram – Vídeo: Polícia Militar/Divulgação

Conforme decisão judicial, Kyra deverá permanecer no abrigo temporário até nova apreciação do caso, onde está recebendo acompanhando médico e todo o carinho da equipe que trabalha no local.

Resgate traumático

A cadela Kyra, da raça Buldogue Francês foi resgatada pela Polícia Militar na tarde de terça-feira (11), de dentro de um carro na Barra Sul, em Balneário Camboriú.

O veículo estava estacionado com os vidros fechados. O animal foi salvo pelos policiais que precisaram quebrar o vidro do automóvel para retirar a cadelinha que já agonizava por conta do calor.

Polícia precisa quebrar vidro de carro para resgatar cadela que agonizava – Vídeo: Reprodução/PMSC/ND

A ocorrência foi atendida pela PM por volta das 14h. Porém, conforme as informações passadas, o veículo estava estacionado desde às 11h. A temperatura registrada no momento da ocorrência era superior aos 30°C.

A polícia precisou utilizar uma barra de ferro para quebrar o vidro do carro. A buldogue francês foi retirada de dentro do carro agonizando, espumando pela boca e não respondendo aos chamados. O animal também apresentava muita dificuldade para respirar.

Segundo a médica veterinária que atendeu o caso, Eliana Pinto Lenuzza, a cachorra chegou à clínica com dificuldades de respirar, ansiosa e com a temperatura elevada. Inicialmente, foi dado oxigênio e tentado resfriar o animal.

Ainda de acordo com Eliana, o cadela chegou com uma temperatura corporal de 40,1 °C.

Tutor liberado

O tutor da cadela é turista e veio com a família de São Paulo, ele foi preso em flagrante, mas teve liberdade provisória concedida após audiência de custódia, mediante assinatura de termo de compromisso, que o cientificou das obrigações assumidas e das consequências de descumprimento.

Ainda de acordo com a decisão do Tribunal de Justiça de Balneário Camboriú, homem é réu primário, possui residência fixa e, mesmo que não more em Santa Catarina, exerce atividade lícita e já efetuou o pagamento da clínica veterinária, não havendo nos autos embasamento que autorize a prisão preventiva, pela ausência dos requisitos previstos no art. 312 do Código de Processo Penal. O processo tramita sob sigilo.​

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Animais

Loading...