“Vou ver se encontro a minhoquinha aqui”: guia mergulha e flagra sucuri “gigantesca anaconda”

Encontro foi registrado no Rio Formoso, em Mato Grosso do Sul, por guia turístico acostumado a filmar sucuris gigantescas da região

Agente de turismo ecológico no Pantanal, o guia Valmir Teixeira volta e meia publica vídeos de seus encontros com sucuris da região. Ele chega a batizar algumas, dando nomes como “Mãezona”, ou “Vovozona”, de acordo com a idade e o tamanho da cobra.

Guia faz registro bem de perto de uma enorme sucuri, chamada por ele de “minhoquinha” – Foto: ReproduçãoGuia faz registro bem de perto de uma enorme sucuri, chamada por ele de “minhoquinha” – Foto: Reprodução

Dessa vez ele foi direto ao assunto, mergulhando nas águas do Rio Formoso para ver de perto uma “minhoquinha”.

“Ela fez um trajeto. Vou mergulhar para ver se encontro a ‘minhoquinha’ aqui, a gigantesca anaconda”, diz Valmir, antes de mergulhar e nadar de encontro à sucuri.

Não demorou muito e a câmera ligada sob a água localiza um enorme vulto, o corpo da serpente, estacionada próximo a uma das margens. Sem receio, o agente mostra toda a extensão da sucuri que é realmente de grande porte.

Os vídeos do guia turístico costumam viralizar rapidamente, em razão da proximidade dele com as cobras. Normalmente Valmir Teixeira mostra os animais em seu habitat, bem de perto, sem medo. Mas ele faz questão de lembrar que não interfere em nada, apenas registra as imagens.

+

Animais

Loading...