A transformação do Home Atmosfera: Os ambientes da CASACOR / Santa Catarina

Arquiteta Estela Cislaghi detalha como transformou o espaço de uma casa antiga em um home integrado para a CASACOR / Santa Catarina - Florianópolis 2018

Home Atmosfera, por Estela Cislaghi - Foto/Mariana Boro
Home Atmosfera, por Estela Cislaghi: o ambiente antes de o projeto ser executado – Foto/Mariana Boro

Home Atmosfera, por Estela Cislaghi: o ambiente depois da execução do projeto - Foto/Mariana Boro
Home Atmosfera, por Estela Cislaghi: o ambiente depois da execução do projeto – Foto/Mariana Boro

Um espaço que nem chegava aos atuais 35 metros quadrados, com esquadrias do tipo colonial e precisando de reforma por conta da ação do tempo. Esse era o cenário que a arquiteta Estela Cislaghi tinha em mãos quando assumiu o espaço na CASACOR / Santa Catarina 2018. “Naquele momento percebi que queria deixar o ambiente totalmente voltado e aberto para as árvores centenárias. Então, o maior desafio foi construir um anexo envidraçado sem interferir demais na arquitetura da casa”, conta a profissional.

“Em seguida, veio a notícia de que não poderia demolir as paredes, pois eram autoportantes e com isso só aumentou a dificuldade”, revela a arquiteta, que assina o Home Atmosfera, ambiente que concentra sala de estar, espaço gourmet e adega em total funcionalidade e harmonia. A avaliação técnica da estrutura é passo fundamental antes de qualquer modificação da edificação. E, após estudar as condições da casa, a profissional decidiu retirar a esquadria existente.

Tudo pensado para aproveitar uma pequena varanda externa ociosa, e enquadrá-la para o lado de dentro do imóvel. Para isso foi arquitetado um envidraçamento voltado para o jardim, alongando o espaço e trazendo também o verde para o interior da sala. “Construímos um novo contrapiso nivelado, ainda uma parte de telhado e colocamos as esquadrias. Tudo com materiais leves e estrutura metálica para não aparecer. Rebaixamos ainda mais o teto com gesso, pois tinha uma viga que não podíamos mexer”, explica. 

Área renovada e com mais espaço

As intervenções colocadas em prática pela arquiteta renderam no metro quadrado. A área aumentou seu tamanho, totalizando 35m2. Também foram renovados o piso, forro, esquadrias e o sistema elétrico. Outro ponto alto foi a vista, antes fechada, e que após a intervenção possibilitou com que a sala ganhasse abertura total para o lindo jardim, por meio da estrutura envidraçada. 

“Por último, conseguimos implantar nossa ideia de três ambientes integrados. E reforçar que todos podem ter em casa uma área bacana pra receber, mesmo sendo um espaço pequeno. Todas as mudanças serão deixadas para o imóvel, após a mostra catarinense encerrar sua edição”, conta Estela. Sem milagres, mas com técnica, profissionalismo e anos de experiência no currículo. 

(Texto da Assessoria de Imprensa – A Casaa – Jana Hoffmann)

+

Arquitetura e Decoração