Juliana Pippi lança tendências: Os ambientes da CASACOR / Santa Catarina

Nesta edição, a profissional premiada internacionalmente deu-se o desafio de apresentar o ‘essencial’ em dois ambientes que prometem fazer história na mostra

Suíte Essencial, por Juliana Pippi - Foto/Mariana Boro
Suíte Essencial, por Juliana Pippi – Foto/Mariana Boro

Em 31 m2, Juliana Pippi propõe o essencial para viver bem. Já consagrada no mercado, ela apresenta dois ambientes: Suíte Essencial e Banheiro Essencial DECA. O propósito é exercitar o que realmente é importante para a vida, para a rotina. “Não há uma tendência, há um desejo por simplificar a vida, estabelecer prioridades, ter mais leveza”, diz a profissional.

“Acredito que o meu maior desafio foi o exercício de subtrair. Tenho percebido como as pessoas estão nesse movimento, do reduzir, repensar as coisas, deixar os espaços fluidos. Com a casa não é diferente”, opina Juliana.

O destaque vai para o revestimento que acabou de desenhar a convite da Ceusa, lançado exclusivamente no espaço. “A inspiração veio do carvão mineral carbonizado, sua estética e textura. A cerâmica é utilizada no piso do quarto e envolve a estrutura do banheiro essencial Deca. Será apresentada ao mercado nacional na Revestir 2019”, anuncia.

Banheiro Essencial DECA, por Juliana Pippi - Foto/Mariana Boro
Banheiro Essencial DECA, por Juliana Pippi – Foto/Mariana Boro

Nos espaços, a tecnologia está nos materiais, em conseguir fazer um armário todo de aço, estruturado em vidro. A própria tecnologia aplicada no desenvolvimento de produtos com impressão 3D, como o caso da cerâmica Era também pode ser destacada.

Para Juliana Pippi, morar bem é algo relativo à vida de cada pessoa. “Acredito que morar bem é, antes de tudo, ter conforto e se sentir acolhido no lar”. O ambiente de Juliana é todo funcional, sem excessos, mas com tudo o que o morador da casa precisa para viver com aconchego.

O projeto faz o link com a relação dos materiais, no seu estado bruto, revestimento que remete ao carvão, a transparência que remete a água, os cristais, o linho, e todos esses materiais naturais têm uma conexão com o tema “casa viva”.

 Autoridade no setor

De Florianópolis, Juliana Pippi é um dos nomes que se destacam no mercado de arquitetura de interiores nacional. À frente do escritório desde 2000, a arquiteta coleciona alguns títulos de referência no segmento: por seis anos consecutivos conquistou lugar entre os profissionais mais atuantes de todo o Brasil, o Prêmio Top 100 da revista Kaza (2012/2013/2014/2015/2016/2017). Foi vencedora da primeira edição do Concurso Técnico Dietmar Starke 2016 promovido pelo Núcleo Catarinense de Decoração. Ainda, segundo lugar na categoria Living do Prêmio Compasso de Ouro NCD 2017.

Também sua participação na CASACOR Santa Catarina 2013 e 2015 rendeu troféu de “Melhor Projeto” em ambas as edições. E ainda está entre as homenageadas do International Property Awards, vencedora em duas categorias: Public Service Interior e Interior Design Show Home. Entre os prêmios internacionais, Juliana recebeu o Bronze no A’Design Awards na Itália e o segundo lugar no America Property Awards , em Barbados. Em 2016, recebeu dois Golden no A’Design Awards em Milão, Itália. E, em 2017, levou mais um A`Design Award e o prêmio Casa Cláudia na categoria décor Casas de Praia.

Empenhada em criar projetos diferenciados e em buscar novas tecnologias para a vida, a arquiteta consegue manter sua linha de trabalho marcada pela inovação e criatividade na composição dos ambientes.  Já participou, ao todo, de 17 mostras nos setor.

+

Arquitetura e Decoração