Morre arquiteto que projetou catedrais de Blumenau e Brusque

Gottfried Böhm venceu um dos prêmios mais importantes da arquitetura mundial, o Prêmio Pritzker, em 1986; a Diocese de Blumenau lamentou a morte do arquiteto

O arquiteto Gottfried Böhm, responsável pelos projetos de dois dos principais monumentos do Vale do Itajaí, a Catedral São Paulo Apóstolo, em Blumenau, e a Igreja Matriz São Luiz Gonzaga, em Brusque, faleceu nesta quinta-feira (10) aos 101 anos.

Gottfried Böhm projetou as catedrais de Blumenau e Brusque, no Vale – Foto: Elke Wetzig/NDGottfried Böhm projetou as catedrais de Blumenau e Brusque, no Vale – Foto: Elke Wetzig/ND

Böhm morava na cidade de Colônia, na Alemanha. Durante a carreira, o arquiteto venceu um dos prêmios mais importantes da arquitetura mundial, o Prêmio Pritzker, em 1986.

De acordo com o historiador Paulo Vendelino Kons, Gottfried Böhm era considerado um arquiteto expressionista e pós-bauhaus, apesar de preferir se definir como contribuinte para a transição entre o antigo e o novo.

“Denominava-se o arquiteto que cria “conexões” entre o passado e o futuro, entre o mundo das ideias e o mundo físico, entre os edifícios e seu entorno urbano.”, escreveu o historiador.

Catedral São Paulo Apóstolo, em Blumenau - Reprodução/NDTV
1 2

Catedral São Paulo Apóstolo, em Blumenau - Reprodução/NDTV

Igreja Matriz São Luis Gonzaga, em Brusque - Divulgação/ND
2 2

Igreja Matriz São Luis Gonzaga, em Brusque - Divulgação/ND

Igreja católica lamenta a morte de Böhm

Membros da Igreja Católica lamentaram a morte de Böhm. O cardeal Woelki, de Colônia, na Alemanha, disse que o arquiteto deixa um legado: “Ele fez construir obras que nos convidam a ser igreja viva no mundo de hoje. Muito além da nossa Diocese, Gottfried Böhm, com suas excelentes arquiteturas, determinou a expressão do nosso tempo”, diz a nota escrita pelo cardeal.

O bispo Diocesano de Blumenau, Dom Rafael Biernaski, agradeceu pelo projeto da Catedral São Paulo Apóstolo e classificou Böhm como um ‘genial arquiteto’. “Tenho certeza que ao ser informado, o povo de Blumenau vai poder rezar por este homem dedicado à liturgia e honrar a sua memória”, diz o bispo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Arquitetura e Decoração