Atleta do Sul de SC é eliminada nas Olimpíadas de Tóquio

Ana Claudia Lemos fez parte do quarteto do 4x100 metros feminino que foi eliminado das Olimpíadas de Tóquio

Apesar de ter feito o melhor tempo do ano da equipe, o revezamento 4×10 metros feminino foi eliminado as Olimpíadas de Tóquio. Representando o Sul de Santa Catarina, Ana Claudia Lemos foi titular e correu ao lado de Bruna Farias, Vitória Cristina Rosa e Rosângela Santos. A equipe fez um tempo de 43s15 e ficou na 11ª posição na classificação geral após chegarem em quinto na segunda bateria.

“Temos consciência que precisamos melhorar individualmente, mas conseguimos fazer uma marca que já não vínhamos fazendo nos últimos três anos. Temos que buscar resultados melhores, crescer e continuar o trabalho, que não pode parar”, disse Ana.

Convocada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Ana Claudia é atleta da equipe Mampituba/DME Nova Veneza/FME Criciúma. Sempre que entramos na pista, tenham certeza que deixamos tudo dentro dela, às vezes não é o que queremos, o que as pessoas estão esperando, mas batalhamos muito”, afirmou ela após a semifinal.

A final do revezamento 4×100 metros feminino será nesta sexta-feira (6), às 10h30 (hora do Brasil), e terá as equipes da Holanda, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Estados Unidos, Suíça, Jamaica e China.

Ana Claudia Lemos representou o Sul de SC nas Olimpíadas de Tóquio – Foto: Wagner Carmo/CBTa/Arquivo/NDAna Claudia Lemos representou o Sul de SC nas Olimpíadas de Tóquio – Foto: Wagner Carmo/CBTa/Arquivo/ND

Equipe do Sul de SC comemora participação

É a primeira vez que a Sociedade Recreativa Mampituba, em 97 anos de história, tem uma representante nos jogos olímpicos. Ana faz parte da equipe de atletismo do clube.

“Todas as atletas estão de parabéns, mas temos um carinho especial pela Ana Claudia. Ela representa, não apenas o clube, mas toda a região Sul do estado, que acompanha o trabalho dela há tantos anos. Conhecemos a história de vida dela e a dedicação extrema ao atletismo, ao esporte, somos orgulhosos por tê-la na equipe Mampituba”, enfatiza o diretor de Formação de Atletas do clube, Reginaldo Kanarek.

Descoberta em Criciúma

Ana Claudia Lemos é natural de Jaguaretama, no interior do Ceará e se mudou para Criciúma quando era criança. Na cidade do Sul de SC ela se apaixonou pelos esportes.

A atleta iniciou nos esportes com a bola no pé, no futebol feminino. Do futebol, Ana passou para o atletismo com o técnico Roberto Bortolotto, na época na FME de Criciúma. Ali foi o início de uma trajetória de sucesso. Ela já esteve nas Olimpíadas de Pequim (2008), Londres (2012) e foi convocada para o Rio (2016), mas não conseguiu competir devido a uma lesão.

Desde 2016 a atleta encarou diversas dificuldades. Além da lesão que a tirou da Olimpíadas do Rio, um caso de doping. A substância Oxondrolona foi encontrada na urina da atleta em 2016. Ela conseguiu provar que houve uma contaminação cruzada, devido a um medicamento de farmácia. Foram cinco meses de suspensão por negligência.

Foi então que Bortolloto trouxe Ana Cláudia para treinar novamente na região. Atualmente ele é técnico da equipe Mampituba/DME Nova Veneza/FME Criciúma. No Sul de SC, a velocista encontrou novamente as boas performances e voltou ao cenário nacional.

“Obrigada para quem sempre manda uma mensagem, uma conversa, isso é muito importante para o crescimento dos atletas, muito obrigada a todo mundo do Brasil”, agradece a atleta.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Atletismo

Loading...