Com treinadores e estrutura de alto nível, esporte de Jaraguá do Sul é destaque no país

Além de oferecer bolsas para atletas e treinadores, município investe na busca de novos talentos, o que atrai também atletas profissionais

O Complexo Esportivo Murillo Barreto de Azevedo, em Jaraguá do Sul, está se tornando uma referência e atraindo atletas profissionais do atletismo, de destaque nacional e até internacional. Um bom exemplo é a atleta Simone Ferraz, um dos destaques ‘surpresa’ nas Olimpíadas de Tóquio.

A atleta utilizava a pista do complexo para treinamento na cidade desde que competia por Joinville. Em 2019, ela voltou a competir por Jaraguá do Sul, por meio do programa Bolsa Atleta.

Complexo Esportivo atrai atletas de renome internacional em Jaraguá do Sul – Foto: PMJS/Divulgação/NDComplexo Esportivo atrai atletas de renome internacional em Jaraguá do Sul – Foto: PMJS/Divulgação/ND

“Fornecemos toda a estrutura necessária para seus treinos e participação em campeonatos válidos para pontuação do ranking internacional. Com essa estrutura e por mérito pessoal ela venceu diversas corridas e atingiu a pontuação necessária para a vaga na equipe olímpica. A maior repercussão disso, sem dúvidas, é o incentivo para que crianças e jovens se interessem pela modalidade”, afirma a secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Natália Lúcia Petry.

“Foi um feito histórico. Sem dúvida, quando surge um ídolo em alguma modalidade, a procura aumenta nas escolinhas”, lembra a secretária.

No entanto, nem só de ídolos vive o esporte. Até chegar nesse resultado, são necessários investimentos e a certeza de que o esporte e a cultura estão no centro do bem-estar e da saúde da população. E foi o que Jaraguá do Sul fez para desenvolver o esporte local.

“A missão da Secretaria [de Cultura, Esporte e Lazer] é o estímulo e o desenvolvimento do esporte de base, por isso proporcionamos as condições para que esse trabalho seja realizado com excelência. Desde 2017, investimos no programa Bolsa Desportivo, com a contratação de professores técnicos, aumento no valor do Bolsa Atleta, melhorias na pista de atletismo com construção da arquibancada, acessos e paisagismo”, aponta Petry.

Pista de atletismo atrai novos atletas

Além de atender à população, o Complexo Esportivo Murillo Barreto de Azevedo (pista de atletismo) tornou-se um centro de treinamento para atletas profissionais e abriga os projetos de iniciação ao atletismo.

“Em 2017, já tínhamos em mente o programa Bolsa Técnico Desportivo, e prevíamos a contratação de técnicos com experiência em cada modalidade”, diz a secretária.

“No atletismo, contratamos três professores via edital e já tínhamos um professor nos quadros da Prefeitura. Isso possibilitou a criação das turmas de iniciação ao atletismo e passamos a treinar atletas que se destacavam, os quais foram incorporados aos treinamentos. Também criamos equipes de desenvolvimento e fomento e, junto com os professores técnicos, relacionamos todos os equipamentos necessários para o desenvolvimento do trabalho”, conta.

As ações incluem a manutenção da pista e de seus equipamentos, a instalação de uma rede de internet para transmissão de eventos e outras melhorias que levaram à certificação internacional das entidades oficiais do atletismo permitindo a realização de grandes eventos.

“Antes da pandemia, das oito etapas dos campeonatos estaduais de atletismo, pelo menos seis eram realizados lá”, diz Petry.

Campeão brasileiro de atletismo sub-16

Com todo esse esforço, Jaraguá do Sul conquistou vários títulos, como o de campeão brasileiro de atletismo sub-16. A fórmula certamente envolve a mistura do talento e da garra dos atletas com toda a estrutura e apoio necessário para que eles possam competir.

Programa Bolsa Atleta também incentiva mais jovens a treinarem na cidade – Foto: PMJS/Divulgação/NDPrograma Bolsa Atleta também incentiva mais jovens a treinarem na cidade – Foto: PMJS/Divulgação/ND

“O nível dos nossos treinadores, a estrutura oferecida, a busca de novos talentos nas escolinhas, o apoio que damos nas viagens para competições… Toda essa estrutura de apoio que inclui transporte, alojamento, alimentação, cobertura jornalística e acompanhamento em todas as competições estaduais permite aos atletas e treinadores manter o foco nos treinamentos e nas competições”, diz Natália Petry.

Mesmo na pandemia, a Prefeitura manteve os orçamentos anuais necessários à continuidade dos programas e participação em campeonatos, com recursos próprios do município. “Graças a Deus nosso prefeito e vice sabem que a cultura é grande auxiliar na saúde mental e o esporte é um grande aliado na prevenção de doenças, sendo um dos principais pilares das estratégias de saúde pública”, afirma a secretária.

Programas de treinamento

Uma das portas de entrada para as equipes de competição municipais são as escolas, onde os professores de educação física percebem o talento dos alunos e os indicam para os programas de treinamento.

Outra forma de acesso é a escolinha de iniciação ao atletismo, que seleciona crianças e adolescentes da comunidade. Com turmas de 25 alunos e fila de espera para participar, os atletas que se destacam na escolinha poderão integrar as equipes que representarão o município em competições oficiais, como Olesc, Joguinhos Abertos, Jesc e Jasc.

Investimentos em infraestrutura são fundamentais para desenvolver o esporte – Foto: PMJS/Divulgação/NDInvestimentos em infraestrutura são fundamentais para desenvolver o esporte – Foto: PMJS/Divulgação/ND

As aulas acontecem no período matutino, das 9h30 às 11h30, e vespertino 14h às 15h30, com três aulas semanais e as inscrições são feitas diretamente no Complexo Desportivo Murillo Barreto de Azevedo.

O Programa Bolsa Técnico Desportivo possui 27 professores para 20 modalidades que incluem o atletismo, basquete, voleibol, taekwondo, xadrez, vôlei de praia, futsal, tênis de mesa, ciclismo, entre outras. No início do programa, em 2017, mais de 4 mil crianças e jovens estavam inscritos nas modalidades. Em 2019, pouco antes da pandemia, já eram mais de 6 mil participantes.

De olho no futuro

O programa Bolsa Técnico Desportivo tem atraído gestores de esportes de outros municípios e Estados e foi um divisor de águas. A contratação é feita por editais, levando em conta o currículo como treinador, conquistas de títulos e experiência na modalidade.

Para a secretária, esse conjunto de fatores trouxe profissionais muito qualificados para treinar as equipes de base e está formando novas gerações de atletas e revelando talentos locais.

“O investimento em infraestrutura esportiva certamente atrai atletas que necessitam treinar em locais com as mesmas características dos principais locais de competição do país e do mundo. E é nisso que estamos investindo”.

+

Prefeitura de Jaraguá do Sul

Loading...