Conteúdo por Gazeta Esportiva

Após iniciar venda de ingressos, GP de Monza não terá público

Com o calendário completamente afetado pela pandemia do novo coronavírus, a Fórmula 1 confirmou apenas 13 corridas até o momento, entre elas o GP de Monza, na Itália. Diante da recuperação nacional da covid-19, a organização do grande prêmio chegou a anunciar a venda de ingressos, mas a opção foi descartada nesta quarta-feira.

A ideia inicial de Monza era receber público, mesmo que de forma reduzida. A Itália está com a pandemia controlada, mas países da Europa ainda não, inviabilizando torcedores nas arquibancadas.

“O GP da Itália de Fórmula 1 de 2020 em Monza, marcado entre os dias 4 e 6 de setembro, vai acontecer com portões fechados, sem público. Ingressos já comprados serão reembolsados integralmente em seus respectivos valores”, afirmou em nota o autódromo.

Até o momento, todos as três etapas da F1 foram realizadas com portões fechadas e não se tem previsão de mudança nesse cenário.

+

Fórmula 1