VÍDEO: Piloto russo faz saudação nazista em pódio após vencer corrida

Federação Internacional de Automobilismo afirmou que está investigando o caso; Artem Severiukhin nega ter feito o gesto

O piloto de kart Artem Severiukhin, de 15 anos, está sendo investigado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) por ter feito uma saudação nazista após vencer a primeira etapa do Campeonato Europeu da categoria Júnior.

Piloto faz saudação nazista após vencer provaPiloto foi acusado de fazer saudação nazista no pódio – Foto: Reprodução

O caso gerou repercussão e a Federação Internacional de Automobilismo se manifestou.

“A FIA confirma que lançou uma investigação imediata sobre a conduta inaceitável do senhor Artem Severiukhin, realizada na cerimônia do pódio da 1ª etapa de 2022 do campeonato europeu de kart, realizado em Portimão. A FIA comunicará em breve os próximos passos nesse caso”, escreveu a federação.

Veja o vídeo:

Por conta das sanções impostas à Rússia referentes à guerra contra a Ucrânia, o país não pode ser representado no torneio. Devido a isso, o russo subiu ao pódio representando a Itália.

Vale ressaltar que o gesto foi criado por Benito Mussolini, líder fascista do país entre 1922 e 1943. Anos depois, Adolf Hitler também adotou o gesto.

Pedido de desculpas

Nesta segunda-feira (11), o piloto postou um vídeo na web negando que o gesto tenha relação com o nazismo. Afirmou que estava cumprimentando os companheiros de equipe na frente do pódio.

“Gostaria de pedir desculpas sobre o que aconteceu no Campeonato Europeu. No pódio, fiz um gesto que foi associado ao nazismo. Não é verdade. Eu não apoio o nazismo. Foi um dos piores crimes contra a humanidade”, disse Severiukhin.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Automobilismo

Loading...