33 Giga

Blog de tecnologia com serviços e notícias quentes da área. Dicas, tutoriais, testes e muito mais, de forma simples e descomplicada.

Novidades da Apple: morte do iTunes, iOS 13 com modo noturno e muito mais

Novidades da Apple: morte do iTunes, iOS 13 com modo noturno e muito mais - Photo by KAL VISUALS on Unsplash

Novidades da Apple: morte do iTunes, iOS 13 com modo noturno e muito mais - Photo by KAL VISUALS on Unsplash

Durante esta semana, a Apple realiza sua conferência anual para desenvolvedores, chamada de WWDC 2019 (Worldwide Developers Conference). A seguir, você confere um resumo dos principais anúncios feitos pela empresa da maçã.

Leia mais
Descubra os álbuns que Steve Jobs adicionou ao primeiro iPod
Easter Eggs: descubra as referências da Apple em filmes da Pixar
De frente com Siri: confira respostas engraçadas da assistente pessoal da Apple

iOS 13

A nova versão do sistema operacional da Apple traz como maior novidade o modo noturno. A função se estenderá para todos os aplicativos nativos, incluindo Mapas, Notas, Calendário, Música e Mensagens, sem contar que as notificações também terão seu próprio dark mode.

Outra novidade é o teclado com função de deslizar os dedos em cima das teclas, algo bem parecido com que o SwiftKey ou o Swype já oferecem para o Android. No iOS, o recurso se chamará Quick Path.

A Apple também garante que o iOS 13 facilitará a vida de quem tem internet problemática: as instalações de aplicativos serão 50% menores e as atualizações, 60% menores. A marca ainda promete que os apps vão carregar até duas vezes mais rápido.

O iOS 13 chega aos dispositivos em setembro de 2019. Será compatível com versões do celular a partir do iPhone 6s.

macOS Catalina e a morte do iTunes

A nova versão do macOS tem como principal novidade a morte do iTunes. Agora, as funções do programa serão desempenhadas por três aplicativos distintos. São eles: Apple Music, Apple Podcasts e Apple TV. Cada um atuará de forma independente.

Outro anúncio que vale destaque é o Find My, recurso que combina Find My iPhone e Find My Friends. Aqui, a ideia é encontrar dispositivos da Apple que estão offline. A novidade fica por conta de um bloqueio que deixará o aparelho inutilizável em casos de perda ou furto.

O macOs Catalina também chega em setembro de 2019. Será compatível com MacBook 2015 ou superior, MacBook Air 2012 ou superior, MacBook Pro 2012 ou superior, Mac mini 2012 ou superior, iMac 2012 ou superior, iMac Pro 2017 ou superior, e Mac Pro 2013 ou superior.

Sign-in with Apple

A Apple desenvolveu uma espécie de “conta fantasma” para aumentar a segurança de seus usuários no iOS e macOS. A ideia é que, em vez de utilizar suas credenciais do Facebook ou do Google para acessar determinado serviço ou site, a empresa crie uma conta temporária por meio do Sign-in with Apple.

Estes endereços temporários são responsáveis por encaminhar as solicitações e informações para seu e-mail real. Assim, na prática, a empresa conversará apenas com a conta fantasma, não podendo acessar seus dados – ou até enviar spam.

Mac Pro 2019

O novo computador de mesa desenhado para profissionais. A configuração inicial tem 32 GB de memória RAM e 256 GB para armazenamento interno – expansível para até 1,5 TB. A arquitetura de memória permite 6 canais e 12 slots DIMM físicos e são 8 espaços para uso de PCI Express.

Vale ressaltar que a Apple resolveu o problema de troca de peças que aparece na versão anterior. O gabinete do Mac Pro 2019 é de aço inoxidável e pode ser aberto por ambos os lados, em 360 graus. Toda essa facilidade, entretanto, não impediu os internautas de comparem o design com um ralador de queijo.

O preço do modelo mais básico começa em US$ 5.999. Estará disponível no mercado a partir de outubro de 2019.

iPadOS

Pela primeira vez a Apple criou um sistema operacional dedicado ao seu tablet. O objetivo era criar um software que fosse mais voltado para a parte multitarefa do dispositivo. Sem contar as melhorias de usabilidade.

O que vale destacar, no entanto, é que o iPad agora é compatível com pendrive e cartão SD. Também será possível usar o tablet como segundo monitor do Mac.

O iPadOS, que chega em setembro de 2019, é compatível com iPad Pro (9,7, 10,5, 11 e 12,9 polegadas), iPad de quinta e sexta geração, iPad mini 4 e mini quinta geração, iPad Air de terceira geração e iPad Air 2.

watchOS 6

O novo sistema operacional deixa o smartwatch da Apple mais independente. Isso porque os programadores poderão criar aplicativos que rodam somente no relógio, sem depender de um iPhone, como ocorre atualmente. E mais: uma App Store específica para o dispositivo também estará disponível.

O watchOS 6 ainda traz uma série de novas watchfaces e até a possibilidade de ativar um som ou uma vibração na virada de cada hora. Novos aplicativos nativos, como gravador de voz e calculadora, também chegam ao sistema.

O software estará disponível a partir de setembro de 2019. Será compatível com todos os Apple Watches, do Series 1 ao Series 4.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

E já que o assunto é Apple, acompanhe a evolução do iPhone:

Novidades da Apple: morte do iTunes, iOS 13 com modo noturno e muito mais

Evolução do smartphone da Apple – iPhone 2G – Junho de 2007: O primeiro smartphone da companhia tinha tela de 3,5 polegadas, câmera de 2 megapixels e podia ser encontrado nas versões de 4 GB, 8 GB e 16 GB de armazenamento. É considerado uma das maiores invenções de Steve Jobs e um marco dos celulares com touchscreen. - Crédito: PhilipRood.com via VisualHunt/33Giga/ND

Evolução do smartphone da Apple – iPhone 2G – Junho de 2007: O primeiro smartphone da companhia tinha tela de 3,5 polegadas, câmera de 2 megapixels e podia ser encontrado nas versões de 4 GB, 8 GB e 16 GB de armazenamento. É considerado uma das maiores invenções de Steve Jobs e um marco dos celulares com touchscreen. - Crédito: PhilipRood.com via VisualHunt/33Giga/ND

iPhone 3G – Julho de 2008: Embora tenha funcionalidades parecidas com a da versão anterior (câmera, polegadas e armazenamento), foi neste celular que a App Store apareceu pela primeira vez e deu a possibilidade de instalar aplicativos de terceiros. Também foi o primeiro smartphone da marca a desembarcar no Brasil. - Crédito: beve4 via Visual Hunt/33Giga/ND

iPhone 3G – Julho de 2008: Embora tenha funcionalidades parecidas com a da versão anterior (câmera, polegadas e armazenamento), foi neste celular que a App Store apareceu pela primeira vez e deu a possibilidade de instalar aplicativos de terceiros. Também foi o primeiro smartphone da marca a desembarcar no Brasil. - Crédito: beve4 via Visual Hunt/33Giga/ND

iPhone 3GS – Junho de 2009: O celular evoluiu em alguns quesitos. Por exemplo, a câmera passou a captar fotos em 3,5 megapixels e gravar vídeos em VGA, e a memória interna tinha opções em 8 GB, 16 GB ou 32 GB. Entre as novidades estavam: bússola, integração com Twitter e Facebook, e acesso ao iCloud. - Crédito: [puamelia] via Visual Hunt /33Giga/ND

iPhone 3GS – Junho de 2009: O celular evoluiu em alguns quesitos. Por exemplo, a câmera passou a captar fotos em 3,5 megapixels e gravar vídeos em VGA, e a memória interna tinha opções em 8 GB, 16 GB ou 32 GB. Entre as novidades estavam: bússola, integração com Twitter e Facebook, e acesso ao iCloud. - Crédito: [puamelia] via Visual Hunt /33Giga/ND

iPhone 4 – Junho de 2010: O primeiro celular que teve uma grande reformulação em seu design. Deixando de lado o visual arredondado, o iPhone 4 veio com linhas retas e uma combinação de aço e vidro. Foi nele também que a câmera frontal apareceu pela primeira vez na linha e trouxe a possibilidade de usar o FaceTime, além de ter o processador próprio da marca, o Apple A4. - Crédito: [ A E ] via Visual hunt /33Giga/ND

iPhone 4 – Junho de 2010: O primeiro celular que teve uma grande reformulação em seu design. Deixando de lado o visual arredondado, o iPhone 4 veio com linhas retas e uma combinação de aço e vidro. Foi nele também que a câmera frontal apareceu pela primeira vez na linha e trouxe a possibilidade de usar o FaceTime, além de ter o processador próprio da marca, o Apple A4. - Crédito: [ A E ] via Visual hunt /33Giga/ND

iPhone 4s – Outubro de 2011: Visualmente, o smartphone não apresentava qualquer diferença para o anterior. Porém, uma novidade chamou bastante atenção: a assistente pessoal Siri, que auxiliava o usuário por meio de comandos de voz. Ele ganhou também uma nova opção de memória, 64 GB, e câmera com 8 megapixels para vídeos em Full HD. - Crédito: Janitors via Visual hunt /33Giga/ND

iPhone 4s – Outubro de 2011: Visualmente, o smartphone não apresentava qualquer diferença para o anterior. Porém, uma novidade chamou bastante atenção: a assistente pessoal Siri, que auxiliava o usuário por meio de comandos de voz. Ele ganhou também uma nova opção de memória, 64 GB, e câmera com 8 megapixels para vídeos em Full HD. - Crédito: Janitors via Visual hunt /33Giga/ND

iPhone 5 – Setembro de 2012: A Apple aumentou o tamanho da tela (4 polegadas), aperfeiçoou a câmera frontal (1,2 megapixels), tornou o aparelho compatível com 4G e implantou o chip nanoSIM. Essa versão ainda ganhou um novo modelo de carregador. - Crédito: olleeriksson via Visual Hunt /33Giga/ND

iPhone 5 – Setembro de 2012: A Apple aumentou o tamanho da tela (4 polegadas), aperfeiçoou a câmera frontal (1,2 megapixels), tornou o aparelho compatível com 4G e implantou o chip nanoSIM. Essa versão ainda ganhou um novo modelo de carregador. - Crédito: olleeriksson via Visual Hunt /33Giga/ND

iPhone 5c – Setembro de 2013: Bem diferente de seus irmãos, o design colorido e em plástico tinha proposta de deixar o celular 50% mais barato. Trouxe a opção de gravar em câmera lenta e abriu o leque de opções, com carcaça verde, azul, branco, amarelo e rosa. - Crédito: Janitors via Visualhunt.com /33Giga/ND

iPhone 5c – Setembro de 2013: Bem diferente de seus irmãos, o design colorido e em plástico tinha proposta de deixar o celular 50% mais barato. Trouxe a opção de gravar em câmera lenta e abriu o leque de opções, com carcaça verde, azul, branco, amarelo e rosa. - Crédito: Janitors via Visualhunt.com /33Giga/ND

iPhone 5s – Setembro de 2013: Voltando a seu design clássico, o smartphone continuou com suas duas cores clássicas e recebeu uma extra: a dourada. O grande diferencial ficou por conta da função Touch ID, sensor que desbloqueia a tela ao reconhecer a digital de seu usuário. Também recebeu um processador mais potente, o Apple A7. - Crédito: 鑽石 via Visualhunt /33Giga/ND

iPhone 5s – Setembro de 2013: Voltando a seu design clássico, o smartphone continuou com suas duas cores clássicas e recebeu uma extra: a dourada. O grande diferencial ficou por conta da função Touch ID, sensor que desbloqueia a tela ao reconhecer a digital de seu usuário. Também recebeu um processador mais potente, o Apple A7. - Crédito: 鑽石 via Visualhunt /33Giga/ND

iPhone 6 e 6 Plus – Setembro de 2014: Apresentados juntos, os modelos atenderam aos pedidos dos usuários e ganharam telas maiores. Enquanto o 6 foi lançado com 4,7 polegadas, o Plus tinha 5,5. Incorporou uma nova opção de memória, 128 GB, e recursos inéditos, como iCloud Drive (sistema de armazenamento de arquivos na nuvem) e ApplePay (recurso NFC para usar como cartão de crédito). - Crédito: Janitors via Visualhunt.com /33Giga/ND

iPhone 6 e 6 Plus – Setembro de 2014: Apresentados juntos, os modelos atenderam aos pedidos dos usuários e ganharam telas maiores. Enquanto o 6 foi lançado com 4,7 polegadas, o Plus tinha 5,5. Incorporou uma nova opção de memória, 128 GB, e recursos inéditos, como iCloud Drive (sistema de armazenamento de arquivos na nuvem) e ApplePay (recurso NFC para usar como cartão de crédito). - Crédito: Janitors via Visualhunt.com /33Giga/ND

iPhone 6s e 6s Plus – Setembro de 2015: Evoluções do 6 e 6 Plus, os smartphones são bem similares aos antecessores – inclusive seus tamanhos. Suas maiores diferenças são: processador Apple A9, câmera principal de 12 megapixels e frontal de 5 megapixels, e a função 3D Touch, que identifica o nível de pressão exercido por um toque na tela. Também recebeu outra opção de cor: a rosa. - Crédito: AdamChandler86 via Visualhunt.com/33Giga/ND

iPhone 6s e 6s Plus – Setembro de 2015: Evoluções do 6 e 6 Plus, os smartphones são bem similares aos antecessores – inclusive seus tamanhos. Suas maiores diferenças são: processador Apple A9, câmera principal de 12 megapixels e frontal de 5 megapixels, e a função 3D Touch, que identifica o nível de pressão exercido por um toque na tela. Também recebeu outra opção de cor: a rosa. - Crédito: AdamChandler86 via Visualhunt.com/33Giga/ND

iPhone SE – Março de 2016: Design do 5s com especificações do 6s. É assim que pode ser definido o iPhone SE. Retornando às origens, o smartphone apresenta uma tela de tamanho reduzido – apenas 4 polegadas –, câmera principal com 12 megapixels, capacidade de armazenamento de 16 GB ou 64 GB, e processador Apple A9 (Dual-Core de 1.84 GHz). O celular ainda tem Touch ID e é compatível com tecnologia 4G e NFC. Está disponível nas cores rosa, dourada, prata e preto. - Crédito: Christian Allard on Unsplash/33Giga/ND

iPhone SE – Março de 2016: Design do 5s com especificações do 6s. É assim que pode ser definido o iPhone SE. Retornando às origens, o smartphone apresenta uma tela de tamanho reduzido – apenas 4 polegadas –, câmera principal com 12 megapixels, capacidade de armazenamento de 16 GB ou 64 GB, e processador Apple A9 (Dual-Core de 1.84 GHz). O celular ainda tem Touch ID e é compatível com tecnologia 4G e NFC. Está disponível nas cores rosa, dourada, prata e preto. - Crédito: Christian Allard on Unsplash/33Giga/ND

iPhone 7 e 7 Plus – Setembro de 2016: Estes smartphones possuem tela de 4,7 polegadas e 5,5 polegadas, respectivamente. Disponível em duas cores novas (preto fosco e preto brilhante), podem ser encontrados nas capacidades de 32 GB, 128 GB e 256 GB. É resistente à água, respingos e poeira e vem com câmera de 12 megapixels. A versão maior também recebeu um diferencial: a câmera dupla. Mas o maior destaque ficou por conta dos AirPods, um novo par de earphones que não possuem fio. - Crédito: Divulgação/33Giga/ND

iPhone 7 e 7 Plus – Setembro de 2016: Estes smartphones possuem tela de 4,7 polegadas e 5,5 polegadas, respectivamente. Disponível em duas cores novas (preto fosco e preto brilhante), podem ser encontrados nas capacidades de 32 GB, 128 GB e 256 GB. É resistente à água, respingos e poeira e vem com câmera de 12 megapixels. A versão maior também recebeu um diferencial: a câmera dupla. Mas o maior destaque ficou por conta dos AirPods, um novo par de earphones que não possuem fio. - Crédito: Divulgação/33Giga/ND

iPhone 8 e 8 Plus – Setembro de 2017: Estes smartphones possuem tela de 4,7 e 5,5 polegadas, respectivamente. Os modelos ganharam resistência à água, áudio estéreo e o processador Hexa-Core A11 Bionic. Em relação às câmeras, o iPhone 8 Plus sai na frente. Ele vem com câmera dupla de 12 megapixels e capacidade para realidade aumentada. Os celulares ainda apresentam a novidade de carregamento wireless, ou seja, sem fio. Com um design que resgata a traseira de vidro do finado iPhone 4, os aparelhos podem ser encontrados nas cores dourado, cinza espacial e preto. - Crédito: Adriano de Gironimo on Unsplash/33Giga/ND

iPhone 8 e 8 Plus – Setembro de 2017: Estes smartphones possuem tela de 4,7 e 5,5 polegadas, respectivamente. Os modelos ganharam resistência à água, áudio estéreo e o processador Hexa-Core A11 Bionic. Em relação às câmeras, o iPhone 8 Plus sai na frente. Ele vem com câmera dupla de 12 megapixels e capacidade para realidade aumentada. Os celulares ainda apresentam a novidade de carregamento wireless, ou seja, sem fio. Com um design que resgata a traseira de vidro do finado iPhone 4, os aparelhos podem ser encontrados nas cores dourado, cinza espacial e preto. - Crédito: Adriano de Gironimo on Unsplash/33Giga/ND

iPhone X – Setembro de 2017: E a Apple entrou no mercado das telas infinitas com suas 5,8 polegadas totalmente interativas. Neste modelo, sai o TouchID e entra o FaceID. Isso significa que o usuário não desbloqueia a tela com a digital, mas pelo reconhecimento facial. E mais: o aparelho ganhou suporte aos animojis, os emojis animados, que, inclusive, replicam as expressões faciais do usuário. Totalmente revestido de vidro, pode ser encontrado nas cores preto e cinza e com duas capacidades de armazenamento (64 GB e 256 GB). - Crédito: freestocks.org on Unsplash/33Giga/ND

iPhone X – Setembro de 2017: E a Apple entrou no mercado das telas infinitas com suas 5,8 polegadas totalmente interativas. Neste modelo, sai o TouchID e entra o FaceID. Isso significa que o usuário não desbloqueia a tela com a digital, mas pelo reconhecimento facial. E mais: o aparelho ganhou suporte aos animojis, os emojis animados, que, inclusive, replicam as expressões faciais do usuário. Totalmente revestido de vidro, pode ser encontrado nas cores preto e cinza e com duas capacidades de armazenamento (64 GB e 256 GB). - Crédito: freestocks.org on Unsplash/33Giga/ND

iPhone Xs e Xs Max – Setembro de 2018: Estes celulares são tão parecidos com o iPhone X em recursos e componentes que até mataram seu irmão mais velho. Aqui, os modelos possuem 5,8 polegadas e 6,5 polegadas interativas, respectivamente. Chegou em três cores disponíveis (dourado, cinza-espacial e prata) e três opções de armazenamento (64 GB, 256 GB e 512 GB). O maior diferencial está no processador. O A12 Bionic promete 15% mais agilidade nas tarefas. Também chamou atenção por seu salgado preço sugerido. A versão mais básica começa em R$ 7.299. - Crédito: Divulgação/33Giga/ND

iPhone Xs e Xs Max – Setembro de 2018: Estes celulares são tão parecidos com o iPhone X em recursos e componentes que até mataram seu irmão mais velho. Aqui, os modelos possuem 5,8 polegadas e 6,5 polegadas interativas, respectivamente. Chegou em três cores disponíveis (dourado, cinza-espacial e prata) e três opções de armazenamento (64 GB, 256 GB e 512 GB). O maior diferencial está no processador. O A12 Bionic promete 15% mais agilidade nas tarefas. Também chamou atenção por seu salgado preço sugerido. A versão mais básica começa em R$ 7.299. - Crédito: Divulgação/33Giga/ND

iPhone Xr – Setembro de 2018: Em uma pegada à la iPhone SE, o modelo apresenta boa parte das especificações e robustez dos últimos lançamentos só que em uma carcaça menor e feita em alumínio. Sendo assim, também é mais barato (a partir de R$ 5.199). O smartphone tem visor LCD de 6,1 polegadas, câmera traseira e única com 12 megapixels, e três opções de armazenamento (64 GB, 128 GB e 256 GB). É o primeiro a abandonar o 3D Touch. - Crédito: Divulgação/33Giga/ND

iPhone Xr – Setembro de 2018: Em uma pegada à la iPhone SE, o modelo apresenta boa parte das especificações e robustez dos últimos lançamentos só que em uma carcaça menor e feita em alumínio. Sendo assim, também é mais barato (a partir de R$ 5.199). O smartphone tem visor LCD de 6,1 polegadas, câmera traseira e única com 12 megapixels, e três opções de armazenamento (64 GB, 128 GB e 256 GB). É o primeiro a abandonar o 3D Touch. - Crédito: Divulgação/33Giga/ND

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo