33 Giga

Blog de tecnologia com serviços e notícias quentes da área. Dicas, tutoriais, testes e muito mais, de forma simples e descomplicada.

Terceira idade: 26% dos idosos combatem a solidão com redes sociais

Terceira idade: 26% dos idosos combatem a solidão com redes sociais - Photo by Joseph Chan on Unsplash

Terceira idade: 26% dos idosos combatem a solidão com redes sociais - Photo by Joseph Chan on Unsplash

Como a principal forma de combater a solidão, 26% dos adultos maiores de 65 anos usam redes sociais, como WhatsApp e Facebook. Os dados são de uma pesquisa realizada pela comparadora de seguros online oMelhorTrato.com.br. O estudo, realizado com mais de 1.250 usuários cariocas, também aponta que outras formas de combater o isolamento são conversar com familiares, amigos e vizinhos (19%), e participar de cursos presenciais e atividades de lazer (14%).

Leia mais
Deezer: Anitta e Safadão são os mais ouvidos pela terceira idade
Óculos de realidade virtual ajudam idosos a reviver momentos e realizar sonhos
Apps auxiliam idosos a se recolocar no mercado de trabalho; veja casos

“Nos últimos cinco anos, nota-se um crescente aumento nos usuários de internet de mais de 60 anos”, comenta Cristian Rennella, CEO da companhia. Ele acrescenta que, hoje, 76% dos usuários acessam os serviços da oMelhorTrato.com.br por meio de dispositivos móveis – estatística que poucos anos atrás era liderada pelos computadores.

A idade, inclusive, é um fator na posse de smartphones. No Brasil, 85% das pessoas entre 18 e 34 anos têm um celular, enquanto apenas 32% dos maiores de 50 anos possuem o dispositivo. Os dados são de uma pesquisa realizada pelo Pew Center Researcher em 27 países.

Esta desigualdade digital também foi medida localmente pelo Datafolha. Aqui, foi percebido que o acesso à tecnologia e à internet ainda é muito baixo entre os adultos, em comparação com os mais jovens. Tanto é que 97% dos brasileiros de até 24 anos têm uma conta em alguma rede social, número que caía para 32% entre pessoas com mais de 60 anos. Esses números melhoram quando o adulto é escolarizado (71%) ou rico (60%).

Está comprovado, no entanto, que o uso de celulares e da tecnologia ajuda a estimular o cérebro dos adultos maiores de idade. O professor do departamento de Fisiologia da Universidade Federal do Rio Grande Norte, Mário Miguel, explica para a Folha de S. Paulo que “o contato com a informática provoca o aumento do hipocampo, área do cérebro fundamental para a cognição e a memória”.

Pensando nisso, oMelhorTrato.com.br elencou alguns benefícios que pessoas idosas poderiam ter ao adquirir um celular:

– Livre comunicação: Para os idosos, é comum esperar uma ligação vinda de um telefone fixo. Porém, com o celular, eles poderão fazer e receber ligações em qualquer lugar sem a necessidade de estar à espera de que o telefone toque. O aparelho também pode ajudar em casos de emergência.

– Estimular a mente: Não só existem aplicativos que permitem às pessoas idosas aprender novos idiomas, como também há aqueles que permitem escutar livros em áudio, ver vídeos para aprender novas habilidades e até escutar sua música favorita. E mais: um estudo comprovou que aqueles que têm
Alzheimer em etapas iniciais podem melhorar sua memória se tirarem várias fotos das atividades que realizam durante o dia.

– Lembretes: Muitos smartphones têm a possibilidade de fixar lembretes e alarmes. Desta maneira, os idosos podem obter um melhor controle de suas atividades ou de seus medicamentos receitados.

– Fácil localização: Com a opção de localização via GPS, é fácil saber onde uma pessoa está. Assim, é uma boa ideia que os idosos com Alzheimer tenham consigo um telefone que permita que seus familiares saibam sua localização a cada momento em caso de que saiam de sua casa.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

Na galeria, veja como o mundo mudou ao longo da história:

Terceira idade: 26% dos idosos combatem a solidão com redes sociais

Na foto, o primeiro automóvel feito em Los Angeles (EUA), em 1897 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Na foto, o primeiro automóvel feito em Los Angeles (EUA), em 1897 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Concurso Inter-City Beauty, em 1921. Ele foi o precursor do atual Miss America - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Concurso Inter-City Beauty, em 1921. Ele foi o precursor do atual Miss America - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Time de jovens médicos e assistentes atendendo uma emergência cirurgica durante a Segunda Guerra Mundial, em 1944 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Time de jovens médicos e assistentes atendendo uma emergência cirurgica durante a Segunda Guerra Mundial, em 1944 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Estátua da Liberdade em Paris pouco antes de ser desmontada e enviada para Nova York, nos Estados Unidos - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Estátua da Liberdade em Paris pouco antes de ser desmontada e enviada para Nova York, nos Estados Unidos - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Em 1943, homens se despedem de seus filhos após serem sorteados para servir por um ano ao exército dos Estados Unidos - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Em 1943, homens se despedem de seus filhos após serem sorteados para servir por um ano ao exército dos Estados Unidos - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Proprietário de uma mercearia em Waco, no Texas (EUA), em 1939 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Proprietário de uma mercearia em Waco, no Texas (EUA), em 1939 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Foto do rei do rock Elvis Presley na juventude - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Foto do rei do rock Elvis Presley na juventude - Crédito: reprodução/33Giga/ND

 Manifestantes locais sendo cercados pela Guarda Nacional no Parque do Povo de Berkeley, Califórnia (EUA), em maio de 1969 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Manifestantes locais sendo cercados pela Guarda Nacional no Parque do Povo de Berkeley, Califórnia (EUA), em maio de 1969 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Serviço de reparos de sapatos no carro, em 1938 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Serviço de reparos de sapatos no carro, em 1938 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Um

Um "drive-true" de vacinas contra a Poliomielite, em 1960, nos Estados Unidos - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Gatinhos bebendo leite das tetas de uma vaca - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Gatinhos bebendo leite das tetas de uma vaca - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Restaurante de culinária asiática fazendo entregas com bicicletas - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Restaurante de culinária asiática fazendo entregas com bicicletas - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Pais de homossexuais durante a Parada do Orgulho Gay de Nova York, em 1974. O evento foi marcado por cartazes com frases como

Pais de homossexuais durante a Parada do Orgulho Gay de Nova York, em 1974. O evento foi marcado por cartazes com frases como "Eu tenho orgulho do meu filho gay" - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Cabinete histórico de NES Arcade - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Cabinete histórico de NES Arcade - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Festa adolescente em 1947 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Festa adolescente em 1947 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Descobrindo a pintura Monalisa após a Segunda Guerra Mundial - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Descobrindo a pintura Monalisa após a Segunda Guerra Mundial - Crédito: reprodução/33Giga/ND

O estilo das crianças nos anos 1980 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

O estilo das crianças nos anos 1980 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

 Bebê abandonado dormindo dentro de uma gaveta em uma delegacia de polícia de Los Angeles (EUA), em 1971 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Bebê abandonado dormindo dentro de uma gaveta em uma delegacia de polícia de Los Angeles (EUA), em 1971 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Em 1963, esposas e namoradas se despedem de seus amados convocados para a Marinha - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Em 1963, esposas e namoradas se despedem de seus amados convocados para a Marinha - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Garoto lê em livraria arruinada após uma noite de bombardeio em Londres, em 1940 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Garoto lê em livraria arruinada após uma noite de bombardeio em Londres, em 1940 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Fuzileiros navais dos EUA fazem uma pausa na luta pelo controle de Okinawa para dar ao seu mascote, um cabrito, um pouco de água em abril de 1945 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Fuzileiros navais dos EUA fazem uma pausa na luta pelo controle de Okinawa para dar ao seu mascote, um cabrito, um pouco de água em abril de 1945 - Crédito: reprodução/33Giga/ND

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo