33 Giga

Blog de tecnologia com serviços e notícias quentes da área. Dicas, tutoriais, testes e muito mais, de forma simples e descomplicada.

Testamos: por R$ 800, smartphone TCL L10 é ideal para uso no dia a dia

Testamos: por R$ 800, smartphone TCL L10 é ideal para uso no dia a dia - Divulgação

Testamos: por R$ 800, smartphone TCL L10 é ideal para uso no dia a dia - Divulgação

Se você tem R$ 800 para desembolsar em um smartphone, uma boa ideia talvez seja dar uma chance para o TCL L10. O modelo da Semp agrada por funcionar bem em funções do dia a dia – tirar fotos, enviar mensagens de WhatsApp, atualizar o Facebook ou fazer tudo isso na sequência, sem muita demora ou travamentos.

Leia mais
Guia de Compras: Por que é tão difícil escolher smartphone no Brasil?
Vai trocar de celular? Confira os principais modelos vendidos no Brasil

Antes de voltar ao smartphone propriamente dito, a trajetória da empresa merece um parágrafo – ou três. A Semp é uma veterana empresa brasileira. Nasceu em 1942, em São Paulo (SP), com o nome de Sociedade Eletro Mercantil Paulista. Em meio à Segunda Guerra Mundial, começou a fabricar TVs.

Se manteve na área de tecnologia em geral, colocando nas prateleiras, em parceria com outras marcas, de celulares com televisor integrado até batedeiras, passando por vídeo cassetes 4 cabeças, TVs de tubo ou planas e stick PCs (uma espécie de computador de bolso que, conectado a um monitor, transformava-o em um desktop).

A partir do ano passado, entretanto, a companhia resolveu fazer o diabo na área de smartphones. Adquiriu marcas como Alcatel e Blackberry, contratou Neymar e Rodrygo como garotos propaganda. E, claro, colocou nas prateleiras alguns modelos pé de boi e intermediários. O já avaliado Semp GO!5e é um desses telefones de entrada. O TCL L10, outro.

E, de volta a ele, trata-se de um modelo disponível nas cores preta e dourada e visa agradar a pessoas que não precisam do smartphone para realizar tarefas parrudas, como rodar jogos pesados ou editar arquivos em pacotes de escritório. O modelo é tão cumpridor como seu hardware indica. Tem leitor de impressão digital e facial, suporte a 4G, tela de 5,5 polegadas.

Há uma dupla câmera traseira de 16MP e de 2MP, que fazem boas fotos – indicadas para redes sociais em geral. A câmera de selfie é de 8MP e também apresenta um bom resultado quando se pensa em exibir as imagens para seus amigos via internet.

O L10 é ágil para acessar apps e realizar diversas funções. Entretanto, eventualmente pode engasgar em tarefas que exijam um pouco mais de recurso – como alternar entre aplicações. Seu conjunto de áudio também não empolga: no volume máximo, não reproduz um som limpo.

Outros pontos negativos do telefone tem relação com a bateria. Ela dura, em uso rotineiro, cerca de 6 horas. A velocidade de carregamento também incomoda: são necessárias quase 4 horas para que o telefone tenha 100% de energia.

Em resumo, é um celular bem cumpridor, se pensar em preço e o que ele oferece. Para quem não precisa de um canhão e só quer utilizar o telefone como complemento a outras atividades diárias, é uma boa escolha.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga

No álbum, veja o TCL L10 em detalhes:

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

 - Foto: Divulgação/33Giga/ND

- Foto: Divulgação/33Giga/ND

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo