Altair Magagnin

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

Áudio: Carlos Moisés diz que não pode mudar auxílio-combustível “da noite para o dia”

Questionado sobre o auxílio-combustível, o governador Carlos Moisés (PSL) afirmou nessa quinta-feira (21), que não pode mudar “da noite para o dia” um benefício pago a servidores há 40 anos, em alguns casos.

“Depois de receber a comunicação do Tribunal de Contas, estudamos um pouco o assunto e vimos que têm categorias que recebem isso há mais de 40 anos, algumas há 25 anos, outras há 15 anos, enfim… A solução não pode ser da noite para o dia, uma vez que isso já faz parte do salário dessas pessoas, mesmo com o caráter indenizatório, que poderia ser suspenso, mas já tem um histórico do seu orçamento familiar. O governador não pode apresentar um fato novo, da noite para o dia. O que vamos fazer é suspender [a partir de abril] para aqueles servidores que não estão em exercício de cargo para o qual a lei prevê o benefício, isso entendemos como irregularidade. Das duas uma: ou o servidor retorna à atividade originária em que ele faz jus àquela indenização, ou vai ficar sem. O segundo movimento é rever a forma como está sendo pago. Avaliar os valores, a depreciação dos veículos, o seguro, se há algum servidor que tiver veículo oficial e motorista à disposição, não pode fazer jus a indenização… São esses os movimentos que a gente vai fazer, alguma coisa de imediato, para este mês, e outra no sentido de estabelecer um estudo.”

Carlos Moisés (PSL), governador

Ouça o trecho da entrevista

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo