Bancadas do PP, PRB, PSB, PT e PV fazem emenda contra redução do orçamento da Udesc

Atualizado

Audiência pública da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (23) articulou uma reação para evitar o corte de verbas na Udesc (Universidade do Estado). Além de visitas aos deputados e ao governador Carlos Moisés (PSL), também foi decidido intensificar o diálogo entre a comunidade acadêmica e a população para mostrar a importância da universidade no cotidiano dos catarinenses. As informações são da Agência AL.

Com dancinha e batucada, estudantes da Udesc protestam contra corte de verbas

“Já têm emendas parlamentares para suspender o corte, então não precisamos apresentar emendas, mas conversar com os deputados para manter os recursos da Udesc, isso é bem importante, conversar com os 40 deputados porque a votação da LDO [Lei de Diretrizes Orçamentárias] está prevista para dia 16 de julho.”

Luciane Carminatti (PT), presidente da comissão

A deputada também sugeriu e o plenário acatou um pedido de audiência com o governador Carlos Moisés para tratar dos cortes orçamentários.

Já o professor Rafael Rosa Hagemeyer, que representou a Associação dos Professores da Udesc, sugeriu e também foi acatada uma auditoria da dívida pública do Estado e a visita aos deputados por professores e alunos da Udesc da região do parlamentar.

O deputado Jessé Lopes (PSL) defendeu os cortes orçamentários previstos na LDO enviada ao Legislativo pelo Executivo e estimou em R$ 17 milhões a perda de recursos da universidade em relação a 2018.

“A Udesc recebeu R$ 409 milhões em 2018, com a redução do duodécimo de 2,49% para 2,24% o repasse será de R$ 392 milhões, uma diferença de R$ 17 milhões, sem considerar o crescimento de arrecadação.”

Jessé Lopes (PSL), deputado

Danilo Ledra, servidor da Udesc, refutou o representante do PSL e mostrou que os cortes superam R$ 40 milhões.

Laércio Schuster (PSB) anunciou que as bancadas do PSB, PV, PRB e PP, assim como do PT, protocolaram emendas para sustar os cortes da Udesc previstos na LDO.

“Nos posicionamos contra o corte de 30% nas universidades públicas federais e da educação básica porque acreditamos que um país só cresce com educação. Nós do Bloco PSB, PV, PRB e PP assinamos que somos contrários ao corte de 10% da Udesc.”

Laércio Schuster (PSB), deputado

Os estudantes se revezaram no microfone com críticas aos cortes propostos pelo Executivo.

“A base do governo tem de conhecer a Udesc, ver o quanto ela é importante para o desenvolvimento do estado, ver que cumpre o papel de interiorização da educação e de colocar o povo dentro da universidade. Somos totalmente contra este corte, quem corta da educação está atacando o povo catarinense.”

Lucene Magnus, presidente da União Catarinense de Estudante

“Os cortes colocam em risco a manutenção da universidade, estamos dizendo não à precarização de ensino, sabemos para onde irá este dinheiro.”

Maria de Vargas Torres, representante do Centro Acadêmico de História

“Se hoje as salas do CEU não têm janelas, se no CAV se usa material vencido para tratar animais, como vai continuar a universidade com estes cortes?”

Luiza Gutierres Pinheiro, do Centro Acadêmico de Teatro

“A educação é a nossa única possibilidade de ter uma vida melhor, se é para criticar, que pelo menos haja domínio dos dados criticados.”

Alexandra de Melo, estudante de Teatro

“A clínica escola do Cefid fez mais de 13 mil atendimentos em 2018, tudo custeado pela Udesc, não recebeu verba da saúde para isso.”

Josieli Kaupka, ex-presidente do Diretório Acadêmico do Cefid-Udesc

“Enquanto o aluno da universidade era filho de rico, não tinha problema em gastar, mas agora que é filho de pobre e preto, tem.”

Bruna Maria Antunes, estudante de História

Bancadas do PP, PRB, PSB, PT e PV fazem emenda contra redução do orçamento da Udesc

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Audiência cortes na Udesc - Rodolfo Espínola/Agência AL/ND

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo