Carlos Bolsonaro cobra Peninha por ausência em votação importante; catarinense responde

Atualizado

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) cobrou a ausência do deputado federal Rogério Peninha Mendonça (MDB) na votação da reforma administrativa do governo Jair Bolsonaro (PSL), quando o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) foi tirado do ministério da Justiça, de Sergio Moro, e devolvido ao da Economia, de Paulo Guedes.

Deputado Peninha não votou para manter COAF no Ministério da Justiça? Dessa eu não sabia!

Publicado por Carlos Bolsonaro em Quinta-feira, 23 de maio de 2019

O catarinense respondeu que se ausentou por um problema no tendão de Aquiles, depois de um longo dia de articulações em defesa do governo, segundo o catarinense. Aliado de primeira hora de Jair Bolsonaro, Peninha disse que “gosta” de Carlos, mas que as atitudes dele “não ajudam em nada o governo” do pai. “Não ponha em dúvida minha fidelidade, vereador. Use seu bom engajamento na internet para ajudar o governo. Para atrapalhar, já há gente demais”, disse.

Resposta de Peninha – Reprodução/ND

Depois da resposta, Carlos se limitou a dizer “tá”.

Resposta de Carlos – Reprodução/ND

A resposta de Peninha não convenceu a grande maioria dos seguidores nas redes sociais, o palco da discussão. Para grande parte, foi uma “desculpa”, que “não colou”. Também houve críticas ao próprio Carlos, com apelos de que ele deixe o pai, Jair, trabalhar.

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo