Desembargador do TRF-4 nega pedido de réu para suspender a Operação Chabu

Atualizado

O pedido de um dos réus para suspender a Operação Chabu não foi aceito pelo desembargador Leandro Paulsen, do TRF-4 (Tribunal Regional Federal). A negativa foi dada na noite dessa segunda-feira (22). O nome do réu não foi revelado, de acordo com a assessoria de comunicação do TRF-4, pelo fato de o processo estar em segredo de Justiça.

Operação Chabu foi deflagrada em junho – Anderson Coelho/ND

TUDO SOBRE A OPERAÇÃO CHABU

O pedido da defesa desse réu teve base na decisão do ministro Dias Toffoli, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), que determinou a suspensão de investigações com base em informações do Banco Central, do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) e da Receita Federal.

A Operação Chabu foi deflagrada pela Polícia Federal no dia 18 de junho. O objetivo foi desarticular uma suposta organização que violava sigilo de operações policiais no Estado de Santa Catarina.

Foram cumpridos 30 mandados, sendo 23 de busca e apreensão e sete de prisão temporária em Santa Catarina. O prefeito Gean Loureiro (ex-MDB) e o ex-secretário de Estado da Casa Civil, Luciano Veloso Lima (MDB), foram detidos e levados à PF. Depois de prestarem depoimento, foram liberados. O delegado da Polícia Federal, Fernando Cairon, foi preso.

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo