Altair Magagnin

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

É catarinense de Taió o novo presidente da Comissão Nacional sobre Mortos e Desaparecidos

Atualizado

É catarinense de Taió o novo presidente da Comissão Nacional sobre Mortos e Desaparecidos Políticos. O advogado Marco Vinicius Pereira de Carvalho é um dos quatro novos integrantes do colegiado. Ao todo são sete posições. A mudança está publicada na edição desta quinta-feira do “Diário Oficial” da União.

Marco Vinicius Pereira de Carvalho – Reprodução/ND

Marco Carvalho é funcionário efetivo da Prefeitura de Taió. Desde janeiro, já está cedido ao governo federal, onde ocupava o cargo de assessor especial do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, da ministra Damares Alves. Carvalho é filiado ao PSL.

Os demais são Weslei Antônio Maretti, Vital Lima Santos e Filipe Barros Baptista de Toledo Ribeiro. Carvalho substitui Eugênia Gonzaga. Os demais, substituem Rosa Maria Cardoso da Cunha, João Batista da Silva Fagundes e Paulo Roberto Severo Pimenta, respectivamente.

Questionado sobre as mudanças, Bolsonaro disse: “o motivo é que mudou o presidente. Agora é o Jair Bolsonaro, de direita. Ponto final. Quando eles botavam terrorista lá, ninguém falava nada. Agora mudou o presidente. Mudou a questão ambiental também”, afirmou. Eugênia Gonzaga criticou as declarações de Bolsonaro sobre o pai do presidente da OAB. O presidente disse que a troca foi “uma coincidência”.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo