Federação dos Municípios protagoniza união das cúpulas do poder em defesa de SC

A propósito do evento Conversas de Impacto – Proteção Jurídica para Gestores Públicos, que começou nessa terça-feira (30) e continua nesta quarta-feira (31), em Florianópolis, representantes das altas esferas estaduais defenderam a valorização do trabalho político e a união dos poderes em defesa dos interesses catarinenses. Um desses pontos em que pedem essa união é quanto ao debate da reforma tributária, que vem aí no Congresso Nacional. Discutido em Brasília, o tema parece distante, mas tem impacto direto na vida dos catarinenses.

Joares Ponticelli discursa – Mafaldapress/ND

Conforme o presidente da Fecam (Federação Catarinense dos Municípios), Joares Ponticelli (PP), prefeito de Tubarão, “não há uma só casa brasileira que não tenha um produto de origem catarinense”. E essa reforma que está sendo discutida, segundo ele, penaliza Estados e municípios produtores, que é justamente uma característica marcante em Santa Catarina.

Outra questão relevante é sobre a reforma da Previdência. É preciso união para que Estados e municípios sejam colocados dentro do projeto, o que ainda poderá ser feito a partir da tramitação no Senado. O recado foi claro: somente com objetivos concretos e esforço conjunto que Santa Catarina terá seus pleitos respaldados. Ao protagonizar essa discussão, a Fecam cumpre, com louvor, o seu papel.

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo