Altair Magagnin

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

Filha de Addo Faraco, Ada de Luca comemora restituição de mandatos cassados

Atualizado

“Eu era órfã de pai vivo”. Foi assim que a deputada Ada De Luca (MDB) resumiu o período de prisão vivido por seu pai Addo Vanio de Aquino Faraco, durante a ditadura, em seu discurso na noite de terça-feira (13), durante sessão solene que restituiu simbolicamente o mandato de Addo, dos também deputados Evilásio Nery Caon, Fernando Viegas de Amorim, Genir Destri, Manoel Dias, Paulo Stuart Wright e Waldemar Sales, além do vice-governador Francisco Dallígna.

“Santa Catarina foi o último Estado a restituir o mandato. Era necessário resgatar essa parte da história perante os familiares e a sociedade. É uma ferida cicatrizada, mas que, às vezes, sangra. É um resgate da Justiça, da cidadania, de toda uma história. Isso faz parte da história de Santa Catarina”, completou a deputada, ao lado do marido Walmor De Luca.

Walmor e Ada – Divulgação/ND

Mais conteúdo