Altair Magagnin

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

Governo de SC vai liberar emendas parlamentares apenas aos deputados alinhados

A liberação de dinheiro do Executivo para emendas parlamentares é sempre tratada com reservas. Nem todo mundo é contemplado, geralmente, os agraciados são aqueles que se alinham à pauta do governo. Isso que, em Santa Catarina, as emendas parlamentares são impositivas. Desde que aprovada essa obrigatoriedade, em 2017 para o Orçamento de 2018, no entanto, o efetivo pagamento nunca foi cumprido.

O governador Carlos Moisés (PSL) sinalizou o pagamento das emendas impositivas apresentadas em 2018 para o Orçamento de 2019. Mas, não são todos que irão receber. O sinal verde para a abertura do cofre surgiu nas discussões sobre o projeto dos incentivos fiscais. Essa é uma matéria de extrema relevância para o Executivo, que não quer correr o risco de perder a batalha. Por isso, decidiu usar o velho expediente.

Mas, a condição para o pagamento das emendas não é apenas votar nesse projeto específico, mas também estar alinhado de forma mais macro à pauta governista. Até mesmo críticas nos discursos em plenário estão vetadas. É parceria total, não pela metade. Além do PSL, estão prestigiados por Moisés na condição de base os integrantes do MDB, PDT, PL, PP e PRB.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo