Altair Magagnin

Informações e análises sobre a política catarinense, com prioridade para conteúdos exclusivos e inéditos. Notícias e opiniões contextualizadas com os bastidores do poder.

Governo não perdeu, poderes também não perderam. Quem perdeu? Como sempre…

Atualizado

A articulação política do governo estadual se iludiu com a vitória esmagadora do projeto da reforma administrativa e pensou que teria vida fácil na ideia de diminuir o repasse de dinheiro aos poderes e órgãos autônomos. Pelo menos deu essa impressão, quando deixou de conversar com os chefes das instituições, além dos deputados estaduais que teriam a prerrogativa de avaliar a matéria. Se conversou, não conversou direito. Deu no que deu. O governador, que disse ao jornal “O Estado de S.Paulo” que tinha uma base aliada com 28 dos 40 parlamentares, teve que tirar o time de campo para não tomar uma goleada. No fim das contas, a bancada do seu PSL fez o contrário do que ele propôs, votando sim ao corte no duodécimo. Ficou difícil de explicar.

Discussão sobre duodécimo – Fábio Queiroz/Agência AL/ND

Mas, no dia seguinte, o Executivo estadual já anunciou que “mantém a posição de readequação do repasse do duodécimo e abrirá novas frentes de diálogo com os poderes”. Sob o leite derramado, o governo admite a necessidade de “dialogar”.

“Precisamos voltar a falar sobre isso, encontrar uma forma de esses recursos retornarem aos cofres públicos para que possamos investir. Estamos firmes nesse propósito”, disse Moisés, ontem. Perfeito. Acontece que ontem ficou tarde. O primeiro ano de governo é para fazer a coisa acontecer. O governo perdeu uma grande oportunidade. Precisava ter “falado” antes, “encontrado” antes. Os efeitos da mudança na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) aprovada nessa semana valem para 2020. Ou seja, se quiser mexer na LDO, só para 2021.

Governar é conversar, articular. Parafraseando sábias palavras do deputado estadual Jessé Lopes (PSL), o governo não perdeu, os poderes também não perderam. Quem perdeu, como sempre, foi o cidadão.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo