“Nada será empurrado para debaixo do tapete”, diz João Dória a tucanos de SC

Atualizado

“Nada será empurrado para debaixo do tapete”, disse o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), aos tucanos catarinenses, em reunião na noite de terça-feira. Após reunião intermediada pelo secretário de Turismo, Vinicius Lummertz, a comitiva foi ao hoje líder maior do PSDB nacional cobrando mudanças. A ideia é que uma limpeza comece por cima, excluindo nomes como do deputado federal Aécio Neves (MG).

O encontro é visto como uma forma de dar corpo à candidatura da deputada federal Geovânia de Sá à presidência da sigla no Estado.

O atual presidente, deputado estadual Marcos Vieira, optou por não ir a São Paulo. Vieira deve apoiar a candidatura de Marco Tebaldi à presidência tucana.

Alas tucanas estranharam o fato de a reunião ser alinhavada por Lummertz, que é do MDB.

Na foto, Lummertz, o deputado estadual Vicente Caropreso, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, Dória, a deputada federal Geovânia de Sá, e o prefeito de Araquari Clenilton Pereira.

Dória e tucanos de SC – Divulgação/ND

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo