Polícia Civil conclui inquérito contra vice-prefeito Márcio Dreveck, que continua preso

Atualizado

O inquérito policial referente à investigação que resultou na prisão preventiva do vice-prefeito de São Bento do Sul, Márcio Dreveck (PP), foi concluído nesta quarta-feira (10) pela Divisão de Investigação Criminal de São Bento do Sul.

A apuração dos fatos começou há mais de quatro meses. Segundo o delegado Gustavo Muniz Siqueira, o suspeito foi indiciado pelos crimes de concussão – exigir valor indevido em razão do cargo – e corrupção passiva. Suplente de deputado federal, Dreveck foi preso no dia 1º.

Também foi apreendido o valor de R$ 1,7 mil. Esse dinheiro, conforme a apuração policial, teria sido recebido de um servidor comissionado como suposto pagamento pelo cargo.

O vice-prefeito continua preso, em Mafra. Está em cela comum e de cabelo raspado.

Márcio Dreveck – Divulgação/ND

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo