Cacau Menezes

Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo

Gaiola de ouro mantém Ronaldinho Gaúcho no Paraguai.

Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Roberto Assis Moreira – Foto: Reprodução/Instagram

Esta semana completou três meses o período de detenção de Ronaldinho Gaúcho no Paraguai. Ele e o irmão Assis desembolsaram R$ 8,3 milhões de fiança, mas isso só permitiu a mudança de uma tranca para outra. Os dois foram para um hotel cinco  estrelas cumprir prisão domiciliar. No hotel Palmaroga, em Assunção, eles são os únicos hóspedes por causa da pandemia. Além deles tem policiais que fazem guarda.

Na mídia local se diz que o craque vive em uma luxuosa´gaiola de ouro´.

Enquanto isso a Justiça paraguaia nega todos os recursos de soltura e os governos dos dois países não mexeram palha até agora.

Mais Conteúdo