Cacau Menezes

Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo

O governador Carlos Moisés está sendo vítima de si próprio.

 
     

Governador Carlos Moisés abre ano legislativo – Foto: Eduardo G. de Oliveira/Agência AL

 Elegeu-se pregando uma nova política. Empossado, deixou para trás práticas como a negociação de cargos em troca de apoio político. Não faltaram líderes aconselhando-o a ceder algum espaço para que pudesse garantir votos na Assembleia Legislativa. Firmou pé e disse que não. Pois arrumou sua cama de faquir. Vai precisar de 26 votos de 40 deputados estaduais para que não tenha seu mandato interrompido por um processo de impeachment gerado pelo escândalo dos ventiladores. Não vai conseguir. Os parlamentares são implacáveis. Se não levam benefícios levantam a foice que tolhe o que vem pela frente. 

Mais Conteúdo