Carol Lobato

Quem circulou pelas principais baladas de Floripa, o melhor da gastronomia, do mundo fashion e dicas de viagens incríveis. Isso e muito mais com os Trends de Carol Lobato.

Indústria da moda impulsiona a economia criativa de Santa Catarina!

Atualizado

Cada vez mais em alta, a economia criativa tem aumentado sua participação na economia mundial. O setor é composto por atividades que se baseiam em ideias e na criatividade, envolvendo áreas como cultura, mídia, tecnologia e consumo. A força da indústria têxtil e de confecção em Santa Catarina, assim como a qualidade da formação de profissionais que atuam na moda criativa, colaboram para o desenvolvimento de produtos criativos de ponta a ponta (desde o projeto até sua comercialização).

O setor é um dos mais representativos do estado, tendo um faturamento de US$ 12,3 bilhões em 2017. O SIS/Sebrae elaborou um relatório que traz o panorama global, brasileiro e catarinense desse segmento, abordando principalmente o mercado da moda, que impulsiona o setor no estado.

Economia criativa no Brasil

O “Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil”, relatório da Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) de 2015, é o estudo com dados mais recentes sobre esse setor. Segundo o estudo, o PIB criativo movimentou R$ 155,6 bilhões (2,64% do PIB brasileiro). A entidade também contabilizou 239 mil estabelecimentos associados à indústria criativa no país.

A indústria criativa gerou 851,2 mil empregos em 2015, dos quais 376,2 mil na área de consumo (Publicidade, Arquitetura, Design e Moda), 66,5 mil na área de cultura (Expressões culturais, patrimônio e artes música e artes cênicas), 95 mil na área de mídias (Editorial e audiovisual) e 313 mil na área de tecnologia (P&D, biotecnologia e TIC).

Moda catarinense e economia criativa

– O estado gerou cerca de R$ 3,5 bilhões (2,3%) para o PIB criativo brasileiro.

– Contratou cerca de 3,5 mil profissionais criativos na área de moda (7,1% do total brasileiro para essa área).

– É o quarto estado que mais contratou profissionais criativos na área da Moda, atrás apenas de SP, RS e MG.

A presença de uma indústria têxtil e de confecção forte também favorece a execução e disseminação das ideias criativas no país e no exterior. Outros fatores positivos são a qualidade da mão-de-obra e as políticas de incentivo ao setor no estado.

Profissionais da indústria criativa em Santa Catarina

Para o desenvolvimento da economia criativa, é necessário que profissionais sejam formados e estejam qualificados para acompanhar o mercado e desenvolver produtos alinhados às tendências de moda e de consumo. Santa Catarina conta com mais de 200 cursos de formação na indústria criativa. São mais de 50 instituições, que incluem faculdades, institutos, universidades e centros universitários. A maioria dos cursos são nas áreas de consumo (63,6%), mídias (20%), tecnologia (11,4%) e cultura (5%).

Economia Criativa de Moda

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo