Carol Lobato

Quem circulou pelas principais baladas de Floripa, o melhor da gastronomia, do mundo fashion e dicas de viagens incríveis. Isso e muito mais com os Trends de Carol Lobato.

Peninha lança autobiografia e narra os casos e ocasos raros do litoral de Santa Catarina!

Atualizado

Em Narrativas absurdas: verdades contadas por um mentirosoGelci José Coelho (Peninha), multiartista, pesquisador, museólogo, conhecido guardião das tradições das culturas populares do litoral de Santa Catarina, nos traz um texto mágico (que dúvida!) que mescla sua história de vida com lendas, contos e casos raros.  O livro narra a trajetória do artista desde suas primeiras lembranças quando ainda estava no útero de sua mãe, e cobre da infância aos dias atuais em que vive a aposentadoria na encantada Enseada de Brito.  Um tesouro de literatura de realismo mágico e um belo registro da cultura popular e, especialmente, da cultura pop dos tempos do Studio A2 de Beto Stodieck e Luis Paulo Peixoto – com quem trabalhou-; do Palhostock e da cena artística da Ilha nos anos 1970.

Além de grande artista Peninha foi fiel seguidor do mestre Franklin Joaquim Cascaes, genial artista brasileiro que realizou o maior e mais significativo registro das culturas populares do litoral de Santa Catarina, cuja obra está escondida no Museu Universitário da UFSC. Peninha trabalhou com Cascaes por mais de uma década.

O livro será lançado no dia 21 de março (quinta-feira), às 19 horas, em evento no Museu da Escola Catarinense (MESC), em Florianópolis, com sessão de autógrafos, performances artísticas e a abertura da exposição Um boitatá em dois tempos, com registros fotográficos de Biah Schmidt de duas diferentes fases da vida de Peninha.  

Convite exposição Peninha – escritoriocom-peninha-convite

Mais conteúdo