Onça Parda é protagonista de ataques e surpresas em Santa Catarina

ARRASTÃO DO VILA NOVA

Novamente os cavaleiros de Joinville se unirão aos interesses sociais do bairro Vila Nova e farão no dia 16, próximo sábado, o 12º. Arrastão da Solidariedade naquela localidade. O Objetivo é arrecadar alimentos não perecíveis e agasalhos. Vários grupos de diferentes partes da cidade deverão estar presentes e quem quiser se engajar, seja à cavalo, de motocicleta, Jeep ou caminhões, estão convidados a se fazer presentes. O ponto de início deste Arrastão que alcança 12 anos somente no bairro Vila Nova, será novamente na Rua XV de novembro, próximo a subestação da CELESC,  as 8h. A Chegada deve acontecer por volta das 12 horas na igreja luterana do bairro, com aquela boia campeira a ser preparada pela organização.

MAPUCHE

Mesmo com pista molhada em função das chuvas que caíram fortemente na semana passada, aconteceu com sucesso mais uma prova do Movimento “A La Rienda” em Pomerode na Cabanha Mapuche, onde a habilidade dos cavaleiros foi posta à toda prova. Lá também, ocorreu um sensacional leilão de cavalos crioulos, tendo a Cabanha Mapuche colocado à disposição dos adeptos do Cavalo Crioulo, animais de sua criação à venda. O próximo evento deste gênero acontecerá aqui em Joinville no CTG Chaparral no mês que vem.

THÊ GURI

Passou por Joinville,  o já consagrado grupo gaúcho Tchê Guri, que segundo as críticas, está melhor que nunca. Não fui ver “in loco”, mas acredito nas fontes. Por isso Parabéns mais uma vez ao Sítio Novo, que mais do que nunca, volta seus cuidados à tradição verdadeira deste Sul Brasileiro.

SUSSUARANA EM ALTA

A imprensa local havia noticiado há questão de um mês atrás, um atropelamento com morte de um belo exemplar de onça parda, que segundo alguns anda ameaçada de extinção, ocorrido na descida da serra Dona Francisca aqui em Joinville. No ultimo final de semana, estivemos em Lages por ocasião da festa do Pinhão e aproveitando a visita que fizemos à Fazenda Ferradura que nos hospedou por lá e presenciamos o estrago feito por um desses animais. Lá o também chamado Puma,  aterroriza há muitos anos os criadores de ovinos, onde é mais conhecida como Leão Baio. A foto de hoje, ilustra o saldo do ataque sofrido por um veado campeiro, naquela fazenda, do qual sobrou somente a carcaça.

Divulgação

Sobrou somente a carcaça do Veado no ataque do Puma

LEÃO BAIO DO CAJURU

A Fazenda Ferradura, de propriedade do famoso Tio Beja,  já foi palco de inúmeros ataques deste animal. Tais fatos inspiraram o compositor gaúcho, Elton Saldanha,  que lá mesmo escreveu a letra do Leão do Cajuru, imortalizada na Sepecada da Canção Nativa da Festa do Pinhão em  passado recente, como a canção mais popular daquela época.

Até segunda feira que vem, se Deus quiser!

Mais Conteúdo