Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.

Brasileiro não quer recondução de Maia no comando da Câmara

Os brasileiros não querem uma eventual recondução de Rodrigo Maia (DEM) à presidência da Câmara dos Deputados, revela sondagem nacional da Paraná Pesquisas a pedido da Coluna.

Foram ouvidas 2.364 pessoas em 205 cidades dos 26 Estados e no DF: 77,1% responderam ser contra a alteração da Constituição para permitir que Maia possa se reeleger à Presidência.

Como publicamos semana passada, está na fila para o plenário a PEC 101/2003, de autoria do ex-deputado Benedito de Lyra (AL), que permite a reeleição para a Mesa Diretora após dois mandatos.

Outros 16,4% dos entrevistados apoiam a ideia, e 6,5% não souberam responder. Pela lei, Maia, já reeleito, deve deixar o cargo em janeiro de 2021.

Recorte social

Segundo a pesquisa, a reprovação à recondução de Maia cresce de acordo com a faixa etária – entre 16 e 54 anos; e índices sobem a cada classe social. Veja tabela no site.

A região Nordeste é que mais desaprova a eventual recondução, com 79,1%. Seguida da Sudeste (77,8%), Sul (74,9%) e Norte/Centro-Oeste (73,7%).

A Paraná fez as entrevistas entre os dias 25 e 27 de abril, no calor do debate sobre a possível tramitação de um processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

Bloqueio

As autoridades do Ministério da Saúde criticaram tanto as de outros países, que atravessaram compras e retiveram vendas, e o Governo do Brasil agora fez o mesmo. Lei 13.993, sancionada por Bolsonaro dia 23, proibiu a exportação de ventiladores hospitalares, respiradores, equipamentos de proteção individual (EPIs), macas e de higiene pessoal (máscaras e álcool 70%) produzidos no País.

Mercado futuro

O ministro Paulo Guedes não deixa os investidores no sufoco. Maior autoridade econômica do País, já fez duas live, uma para o Itaú Personalité, na sexta passada, e outra para a XP Investimentos (sócia dos donos do banco), há duas semanas.

Bola de cristal

Bolsonaro não tira da cabeça uma ideia – ou informação que obteve. Repete a próximos que Sérgio Moro e o senador Álvaro Dias (Podemos) farão chapa presidencial em 2022.

Pum do Palhaço?

Regina Duarte (Cultura) sumiu. Não tem recebido demandas, evita holofotes e nem apareceu ao lado dos ministros na famigerada coletiva do chefe quando desancou Moro.

Seu dinheiro

A 2ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, do MP do Amapá, impetrou ação civil pública na Justiça para cercar o Governo sobre compras sem licitação de máscaras N-95, para EPI nos hospitais.

O Estado comprou milhares delas em cinco diferentes processos. Não bastassem os altos preços das unidades, chamaram a atenção a diferença dos valores: teve a R$ 35, R$ 32,75, R$ 18 e até R$ 49. O MP quer ouvir três empresas.

Inflação

Há um problema tão ruim quanto o desafio de segurar a saúde pública e o desemprego depois que a pandemia (quiçá!) passar. O quilo do feijão já chegou a R$ 9. Eram R$ 2.

Suspense

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), ainda não decidiu se continuará ou não com a quarentena em Pernambuco a partir de amanhã. Isso desespera o empresariado que, desde março, acumula quedas no Índice de Confiança do setor.

Mais Conteúdo