Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.

Cúpula militar se reúne no Alvorada para discutir rumos do País

A cúpula militar do Governo e das Três Forças armadas realizaram sábado (2) no fim do dia uma reunião no Palácio da Alvorada , residência oficial do Presidente Jair Bolsonaro (e não no Planalto, como publicado anteriormente).

A principal pauta, não divulgada, foi uma análise da conjuntura sócio-política do País, confirma uma fonte do Governo.

A reunião foi comandada pelo presidente Bolsonaro e o chefe da Casa Civil do Palácio, general Braga Netto.

À mesa, entre goles d’água e café, confirmaram presença o general Fernando Azevedo (Defesa), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo da Presidência), general Augusto Heleno (GSI/Abin), Almirante Ilques Barbosa Júnior (Comandante da Marinha), general Edson Pujol (Exército), Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti (Aeronáutica).

A reunião, de acordo com a agenda oficial da Presidência, ocorreu entre 17h30 e 19h.

A agenda do presidente Bolsonaro nesta segunda tem apenas três compromissos oficiais. Ele terá reunião com o chanceler Ernesto Araújo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes.

Jurídico

Na avaliação dos aliados próximos de Bolsonaro, Sérgio Moro não sustenta sua defesa apenas com prints de conversas com o presidente pelo whatsapp. Mas é o Procurador-Geral da República, Augusto Aras, quem vai decidir se o denuncia ou não. A conferir.

PT em cima

Crítico voraz da atuação do então juiz Sérgio Moro na Lava Jato e no Ministério da Justiça, o senador petista Humberto Costa (PE) quer usar as declarações do ex-ministro contra o presidente para o PT protocolar pedido de impeachmet de Bolsonaro.

Blindado

Sérgio Moro mantém a escolta da Polícia Federal em Curitiba. Antes, eram só os petistas. Agora, são os bolsonaristas também na sua cola, no clima beligerante das ruas.

Trípléx

A Quinta Turma do STJ julga amanhã os embargos da defesa de Lula da Silva, que pedem modificação da sua pena no caso da condenação envolvendo o tríplex.

Gás no tanque

A Gasmig, do Estado de Minas, reduziu as tarifas para indústria e veículos a gás. Pedro Magalhães, presidente da empresa, lembra que o produto competitivo é importante para a recuperação econômica. E mais barato para o motorista.

Encruzilhada

A despeito do perfil conciliador, o deputado federal Sílvio Costa Filho, presidente do Republicanos estadual, não sabe que rumo eleitoral tomar. Deixou sua candidatura a prefeito do Recife para apoiar João Campos (PSB). Mas seu colega de Câmara e presidente nacional a sigla, Marcos Pereira, se aliou ao presidente Bolsonaro.

Coronavírus

A Associação Brasileira de Empresas e Diretores do Setor Funerário resolveu ajudar o setor em Manaus, que entrou em colapso. Chegam mais 285 caixões nesta semana, e previsão é de envio de 985 urnas para os próximos dias.

Quem é quem?

A Caixa Seguradora, empresa do Governo com estatal francesa como sócia, tem como presidente Gabriela Ortiz de Rozas, salvadorenha que fez carreira na Argentina. Mas cidadãos não encontram no portal o Organograma sobre quem é quem nas diretorias.

Tiro no escuro

A PM do Piauí fez cerco nas saídas do município de União na sexta-feira de madrugada para cercar quadrilha que planejava assaltar uma agência do BB. Acabou prendendo, sem querer, uma dupla de motoristas da prefeitura, em carro oficial, com R$ 500 mil não declarados e sem procedência. Nada de bando até agora.

Mais Conteúdo