Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.

Reforma: Governadores reforçam pedido sobre Estados e municípios

Atualizado

Governadores iniciaram peregrinação por gabinetes de senadores para reforçar o pedido de inclusão dos Estados e municípios no texto da PEC paralela da Reforma da Previdência. O discurso dos chefes dos executivos estaduais é o mesmo: as contas estão no vermelho e uma das saídas contra a crise das contas públicas é estender as regras previstas na PEC 6/2019 para os servidores de todos os Estados.

Aos governadores que o procuraram nos últimos dias, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, assegurou que o apelo será atendido por meio de proposta de emenda autônoma que deve começar a tramitar no Senado a partir de um destaque apresentado em plenário.

Efeito do..

Com os delegados federais insatisfeitos com a ingerência do presidente Jair Bolsonaro na troca de comando no Rio, o ministro da Justiça Sérgio Moro, cancelou ida ao evento nacional da corporação em Salvador, na quinta e sexta.

Aliás, os delegados, que debaterão combate à corrupção num simpósio, pretendem fazer um minuto de silêncio em solidariedade ao ex-superintendente da PF exonerado no Rio.

Você sabia

O Fantástico da Globo encontrou o ‘Rei Arthur’, procurado pela PF, nos Estados Unidos. Há 5 meses, dia 15 de março, a Coluna publicou detalhes por onde ele andava

Balanção

No primeiro semestre deste ano, a Força-Tarefa da Lava Jato ofereceu à Justiça Federal 16 acusações, superando o total de denúncias protocoladas durante 2017 e 2018. A informação, divulgada pelo Ministério Público Federal ontem, foi antecipada pela Coluna em julho. Ao longo de cinco anos, foram oferecidas 101 denúncias contra 445 pessoas pelos mais variados crimes identificados durante a apuração.

A última ação proposta pelo MPF diz respeito a pagamentos de propina em esquema de corrupção no contrato de construção da Usina de Belo Monte, envolvendo o ex-senador Edison Lobão. Neste ano também já foram denunciados, por exemplo, o presidente nacional do MDB, Romero Jucá, e o ex-governador paranaense Beto Richa.

Não é surpresa que o Supremo Tribunal Federal, onde há ministros críticos da Lava Jato, mantenha as diligências nos processos contra mandatários denunciados no ritmo da conhecida lentidão do judiciário brasileiro.

Morte na reserva

Continua a grita de que o cacique Emyra Waiãpi, encontrado morto no Amapá, foi assassinado por garimpeiros. Primeiro laudo da PF indica afogamento. E há uma sigilosa linha de investigação sobre briga entre nativos, sem ligação com garimpeiros.

Lava Toga

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) tenta reunir 27 assinaturas de colegas para instalar Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar o Poder Judiciário. Até o momento, conseguiu 21 assinaturas. O alvo do requerimento é o inquérito aberto pelo presidente do STF, Dias Toffoli, contra supostas notícias falsas envolvendo a Corte.

É a terceira vez que Alessandro tenta emplacar a CPI do Judiciário. Na primeira, senadores retiraram assinaturas e o requerimento foi arquivado. O segundo teve 29 assinaturas, mas também foi derrubado com canetada do presidente Alcolumbre. Senadores pressionam para que a decisão seja referendada pelo plenário, mas Alcolumbre resiste em colocar o tema em votação.

Chance no Recife

O presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar, informou ao presidente Bolsonaro que o partido tem chances de eleger a próxima prefeita do Recife e fazer uma boa bancada de vereadores ano que vem. Trata-se da delegada Patrícia Domingos que tem larga experiência no combate à corrupção.

A intenção de Bivar é a de que Bolsonaro abone a sua ficha de filiação. Ela comandava a recém-instinta delegacia de combate a crimes de corrupção pública e mandou muito engravatado para a cela.

Mais Conteúdo