Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

“A corrupção impacta em 2,3% do PIB”, diz ministro de Assuntos Estratégicos

Ministro Jorge Antônio de Oliveira: “Passamos por um período histórico de desconstrução da autoridade e queremos recuperar isso” – Alvaro De Maria/ND

Ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Jorge Antônio de Oliveira, falou nesta quarta-feira (11) em Florianópolis sobre os efeitos da criminalidade para o desenvolvimento econômico e social do país.

“A corrupção impacta em 2,3% do PIB e a violência causa um prejuízo correspondente a 2,3% do PIB”. Apesar de ter 3% da população mundial, o Brasil detém 14% dos homicídios do planeta.

O ministro citou vários impactos da criminalidade, como o encarceramento, a perda da capacidade produtiva – “70% das vítimas têm menos de 30 anos” -, os processos judiciais, além da diminuição do consumo e dos investimentos. Oliveira citou ainda prejuízos para o turismo e para o transporte de cargas.

Oliveira também comentou os vetos à lei de abuso de autoridade aprovada pelo Congresso. “Entre os 197 itens, 36 poderiam impedir o exercício regular da autoridade”, afirmou, considerando que a integralidade do texto significaria “encorajamento ao crime”.

“Passamos por um período histórico de desconstrução da autoridade e queremos recuperar isso”, complementou o ministro.

Mais Conteúdo